Quinta, 10 de Dezembro de 2015 - 15:00

Não faltará dinheiro para o combate ao Aedes aegypti, garante secretário de Saúde

por Renata Farias/ Alexandre Galvão

Não faltará dinheiro para o combate ao Aedes aegypti, garante secretário de Saúde
Foto: Renata Farias / Bahia Notícias
O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, afirmou que o governo federal garantiu a todos os secretários do Brasil que, mesmo com o contingenciamento de gastos, não faltará verba para o combate do Aedes aegypti – mosquito vetor de doenças como dengue, chikungunya, zika e associado ao aumento de casos de microcefalia. “É uma preocupação nacional a redução de recursos do ministério da Saúde. Entretanto, a presidente garantiu que para o combate do Aedes, não vai faltar recursos”, afirmou, durante a inauguração do Centro de Operações de Emergências em Saúde (veja aqui). Ainda de acordo com Vilas Boas, o governo tem trabalhado no combate ao mosquito em três frentes de trabalho: combate ao vetor, assistência às pessoas infectadas e educação e pesquisa. “Temos uma série de ações para cada um deles”, afirmou. Ainda de acordo com o chefe da Saúde, o centro “o centro vai ser responsável por centralizar as informações para o governo do estado e do ministério”. “Ele vai ser responsável por congregar especialistas da medicina em diversas áreas e continuar construindo o processo de passo-a-passo dessa nova doença que está se instalando em nosso país”, apontou, ao afirmar que o governo já fez a distribuição de larvicidas para toda a região do estado. “Os municípios que por ventura não receberam, devem se dirigir aos núcleos regionais de saúde para buscar a sua quantia”, pediu Fábio.

Histórico de Conteúdo