Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Próximos cinco anos são essenciais para conter salto de epidemia de aids
Foto: Shutterstock
Um relatório da Unaids (programa das Nações Unidas), publicado nesta quinta-feira (25) na revista médica The Lancet, apontou que os próximos cinco anos são essenciais para evitar um acelerado crescimento da epidemia de aids, devido a altas taxas de infecção e aumento da população mundial. "O cinco anos que estão por vir oferecerão uma oportunidade frágil para acelerar a resposta à epidemia de aids e colocar um termo de hoje até 2030", segundo Michel Sidibé, diretor-geral da Unaids. "Se não fizermos isso, as consequências humanas e financeiras serão catastróficas", ressaltou. De acordo com o documento, fatos como o advento dos medicamentos antirretrovirais, em 1996, representam boas notícias. O documento afirma ainda que serão necessários 36 bilhões de dólares por ano para atingir a meta da ONU até 2030.

Histórico de Conteúdo