Quarta, 31 de Dezembro de 2014 - 19:10

Saiba como fugir da ressaca de Réveillon

Saiba como fugir da ressaca de Réveillon
Foto: Reprodução
Nas festas de fim de ano é normal as pessoas se empolgarem demais e passarem do limite com o álcool. A consequência desse abuso é a famosa ressaca. Dor de cabeça e enjoo são sintomas comuns para quem bebeu demais. Alguns cuidados antes, durante e depois da bebedeira, podem prevenir e até mesmo diminuir os sintomas. De acordo com Luciano Giacaglia, endocrinologista, manter-se bem hidratado é fundamental, porque ajuda a diluir o álcool ingerido, e também porque repõe a água perdida causada pela ingestão de bebidas alcoólicas. O ideal é, para cada dose de álcool, ingerir a mesma quantia de água. Confira outras dicas do endocrinologista para aproveitar bem o dia seguinte à bebedeira.
 
Além da água, sucos de fruta e água de coco são bem-vindos. Já os refrigerantes devem ser evitados porque têm substâncias estimulantes, como a cafeína, que não combinam com álcool, e podem irritar o estômago.
 
A melhor prevenção para evitar a ressaca é estar bem alimentado, pois o álcool causa hipoglicemia, ou seja, queda de açúcar no sangue.

Segundo o especialista, é importante comer também durante a ingestão de bebidas alcoólicas. Um alimento que fornece glicose e ainda hidrata como as frutas, é o ideal. Comidas gordurosas são perigosas, pois podem pesar para o fígado.
 
No dia seguinte é importante beber bastante água e ter uma alimentação saudável, evitando carne vermelha ou de porco. Vale comer carnes brancas, como peixe e frango. Os vegetais, frutas e carboidratos, também são bem vindos, eles dão energia. 
 
Os cuidados com o corpo no dia seguinte incluem também repouso. De acordo com o especialista, o organismo pede descanso. Portanto, é bom não abusar de exercícios até se recuperar totalmente.

Histórico de Conteúdo