Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ação da polícia para prender DJ Ivis no Ceará durou 10 minutos: 'Extrema gravidade'
Foto: Reprodução / Record TV

A ação realizada pela polícia do Ceará para prender o DJ Ivis, que desde o domingo aparece em vídeos agredindo a esposa Pamella Holanda (leia aqui), durou cerca de 10 minutos.

 

Em entrevista à coluna Painel da 'Folha de S.Paulo', a situação de Ivis foi descrita como prioridade da polícia cearense, que prendeu o artista na quarta-feira (14) (confira o momento da prisão). “Caso de extrema gravidade, era prioridade para nós essa prisão”, informou o secretário de Segurança do Ceará, Sandro Caron.

 

Os policiais vigiavam a casa do artista em um condomínio de luxo em Quiraz, no Ceará, desde a terça-feira (13), data em que foi protocolado o pedido de prisão preventiva.

 

Segundo o colunista Leo Dias, do Metrópoles, o DJ está proibido pelos advogados de dar entrevistas. Ivis tinha uma entrevista marcada com o jornalista Roberto Cabrini para o Domingo Espetacular, mas não pôde participar.

 

O jornalista afirma que Ivis também está proibido de citar o nome da ex, que entrou com uma medida protetiva contra ele, concedida pela Justiça.

Histórico de Conteúdo