Sexta, 17 de Janeiro de 2020 - 13:05

Curtas e venenosas

por Natália Comte

Curtas e venenosas

*Quando eu vejo uma cantora desaplaudida feliz na televisão me dá até uma dose de empatia e felicidade;

 

*Minha querida Sica Freire, enquanto estiver fora da TV sentirei saudades, de verdade;

 

*Estou aqui conversando com o Homem da Luz para ver se fazemos um projeto juntas. O que acha? Eu fico com a parte da espontaneidade, beleza e humor. Você lê o TP;

 

*Às vezes, penso que a TV Bahia gosta de dar tiro no pé. Uma multidão ficou inconformada com a demissão. Justamente agora que Sica tava dando cara ao “Bom Dia Sábado”;

 

*Mas isso é obra de Ana Raquel. Vai mudar tudo por lá. Todo mundo que se segure, pois a fase recordização vai invadir a afiliada da Globo;

 

*Agora assim, Sica saiu, mas saiu alfinetando todo mundo no texto de despedida. Tipo: ‘apanho, mas bato de volta’. Isso aí;

 

*Só sei que nessa lógica, caiu por terra o plano de Camila Marinho virar a Fátima local. Vai voltar para os jornais mesmo;

 

*Inclusive, um recado aos colegas de trabalho: senti dose de sinceridade entre eles. E talvez até medo de serem os próximos;

 

*Rick Ishmael, por exemplo, teve que explicar nas redes sociais que não estava no pacote de dispensas, apenas de estar de férias curtindo o verão;

 

*Uma dica da Tia Naty: adiante seu lado e volte logo;

 

*E se Sodake virar repórter de rede, quem vai rodar? Mauro Anchieta?;

 

*Sorte de José Raimundo que ele é contratado pelo Globo. Até porque já rolou história que todos os aposentados de lá vão ser colocados para fora;

 

*Se justamente é o ‘Bahia Meio Dia’ a dor de cabeça da TV Bahia, porque agora colocar Jél Senra no BATV? Se é o único nome para combater a concorrência?;

 

*Além disso, estou muito preocupada com o mestrado de Jel. Não tem como colocá-la à noite. Temos que priorizar os estudos;

 

*Ritinha Batista merece realmente coisa maior. Com seu profissionalismo, no mínimo, integrar um programa nacional. Ou até ter o seu;

 

*Contanto que não seja algo de fofocas, como foi o caso daquele programa da Band. Nada contra, tenho até amigos que fazem, mas ela rende mais em jornalismo duro;

 

*As más línguas já estão dizendo para a TVE chamar Sica para o lugar. Só que aí a representatividade vai para onde?;

 

*Eu sei que Sica já está acostumada com imprevisto, mas mandaram avisar que na TVE a loucura é grande;

 

*Apostaria que eles vão tentar trazer as praças da casa novamente. Tipo Luana Assiz – que todo mundo já viu que não funcionou como a Maju baiana – ou até Vanderson Nascimento;

 

*Tia Má foi a primeira sondada para o lugar de Ritinha. Porém, deixou a língua quase presa de lado e soletrou direitinho um sonoro “N Ã O”. Só ela mesma iria largar a visibilidade do “Encontro” – mesmo que uma vez por semana – por um programa que nem pontua direito no Ibope;

 

*Luan Santana já deveria estar de passagens compradas para o show que foi cancelado no MAM.;

 

*Para não dar viagem de balde, aproveitou para gravar o tal clipe com ele, o Gigante e o Olodum. Quero só ver como vai ficar essa mistura...;

 

*Ao ver a imagem de divulgação, só pensei: o Michael Jackson está diferente:

*Mas em ambos os casos senti uma coisa em comum: a feminilidade dos artistas são semelhantes. Adoro;

 

*Menina, do nada a banda inglesa cancela o show no Festival de Verão e na mesma hora já anunciam Alok. Ele tem contrato por aqui para ser reserva? Não é possível tamanha agilidade;

 

*E outra, se a lógica era ter alguém internacional, não entendi o problema que eles têm para não chamarem a Bagaceira. Era o nome ideal;

 

*Isso porque a menina Anira já disse que não quer mais fazer tantos shows em 2020, obviamente;

 

*Claudinha tá tão solidária que está oferecendo show gratuito para inauguração do Centro de Convenções. Faz bem. Após ser esquecida pelos contratantes e fãs ao se mudar do Brasil para “investir” em carreira internacional, agora vai ter que se esforçar para se recolocar no mercado tupiniquim;

 

*Ivetinha, do jeito que odeia polêmica com a vida pessoal, deve estar pirada na Dalila com essa fake news do divórcio;

 

*Jamais, eu disse jamais, ficaria longe de um marido tão maravilhoso como aquele. Muito parecido com meu Inho até;

 

*Pelo menos agora Dani Cady descobriu o caminho da internet. Conseguiria sobreviver com as lives no Instagram e presenças vips;

 

*E Manno Goes, que ressurgiu do nada para elogiar o clipe de Ivete com Silva? Quer dizer, ele disse que finalmente Ivetinha voltou a cantar “algo bom”. Elogio com patada. Típico. Adorei, posta mais;

 

*Esse Silva, inclusive, tá fazendo mais pelo Axé que o próprio povo do Axé. Daqui a pouco se instala de vez por aqui e vão acusá-lo de apropriação cultural;

 

*Desculpe-me meu conterrâneo Érico Brás, mas esse programa “Se Joga” já estou contando os dias para acabar;

 

*O pior é que, se não me engano, a redação é do Elísio Lopes Jr. Baiano que já fez tanta coisa boa, ter que se definhar nessa atração;

 

*Imaginem Lore Improta no ‘BBB’. Ela já anda brigando com todos os “amigos” aqui fora, pensem no que faria confinada;

 

*Por outro lado, saberíamos mais detalhes do que não foi exposto do namoro com GG, se é que isso é possível;

 

*A vida não tá fácil. Presidente da Bahiatursa faz grana extra em evento;

 

*Quando não está vendendo picolé, Diogo Fino Medrado está jogando bola na praia com o descente Ragnar;

*Inclusive, Ragnar Lodbrok o Vincks atualmente vem a ser empresário de Veveta;

 

*Mandem sugestões de curtas para o Sabe o que eu acho? Ou me procurem no Facebook: Natália Comte. Para os desesperados, tem a opção de falar comigo pelo e-mail nataliacomte@bahianoticias.com.br

Histórico de Conteúdo