Sexta, 18 de Outubro de 2019 - 13:00

Curtas e venenosas

por Natália Comte

Curtas e venenosas

*A boa filha à casa torna. Claudinha conseguiu vaga no desfile de rua do Carnaval Rio de Janeiro em 2020;

 

*Quem sabe ela não aproveita o período carnavalesco por lá e volta a fazer alguma pontinha na realeza de alguma escola de samba.

 

*Em tempos de muitas disputas na Sapucaí, ela poderia aceitar até desfile na Intendente Magalhães;

 

*Os Meninos da San que devem estar preocupados, pois se Claudinha começar a ir para lá, os LGBTABCDEFGHI não virão mais para cá. Essa conta não vai fechar;

 

*Mas na música, vamos bater palmas para a largadinha, que depois de parida vai emplacar clipe musical em Miami com direção de Chico O Kertis;

 

*Inclusive, vi que Ludmilla, a compositora, está sendo sondada pela Roc Nation – gravadora de Jay-Z. Claudinha, que é do casting da empresa e já gravou diversos sucessos mundiais desde então, poderia dar umas dicas a amiga de como não entrar nessa cilada;

 

*Vi um post da Lud toda feliz por ter gravado com a americana lá, mandou até indireta para Anira. Mas fiquei pensando que o celular da funkeira deve tá cansado de tanto executar o Google Tradutor, pois sabemos que inglês não é o seu forte...;

 

*Mara Maravilha disse que na idade de Anitta era a Anitta. Fico pensando agora na funkeira no futuro brigando com todo mundo em programa de fofoca;

 

*Pelo menos temos que concordar que a quantidade de inimizades acumuladas é bem semelhante;

 

*Quem fala o que quer, ouve o que não quer. Márcia esquecida Fellipe, por exemplo, poderia ter ficado calada;

 

*Em tempos em que todos têm rede social, já tem padre criticando a santidade da artista em seus shows;

 

 

*Não sou de falar de religião, mas respeito todas. Esse é o ponto. Se não tem nada para contribuir, fica quietinho. É o mínimo. Não cabe mais destilar suas raivas por aí, muito menos achar que sua crença é superior à do próximo;

 

*Mas o mais grave é não concordar com atos da religião alheia, tecer críticas e ainda querer ganhar dinheiro estando na grade de atrações de festa da mesma religião atacada. Amada, cadê a coerência?;

 

*Tem baiano que quer se queimar na carreira. O Gigante está doido para emplacar música com o “amigo” Chris Brown. Alguém já mostrou a ele aquela foto de Rihanna?;

 

*E todas as fichas dos processos e polêmicas? GG, querido, foca nas parcerias nacionais mesmo. É o melhor;

 

*Pabllo Agrittar tentou salvar o ano de Psirico ao trazer um refresco com a música nova. Porém, fui ver o clipe e não permaneci por mais de 45 segundos. Faltou um boom na canção, nas vozes, no vídeo... O resto ficou legal;

 

*Marcinho ainda disse que tem projetos com Anitta e Ludmilla. É a prova que o público LGBTQABCDEFG é o mais cobiçado do momento;

 

*Depois que noticiei aqui o camarote hétero na festa Micareta Salvador dos Meninos da San, vocês não têm noção da quantidade de direct que recebi perguntando como compra...;

 

*Soube que a menina Anna Catarina esteve aqui por Salvador sem as perucas e ninguém a reconheceu. Por lá, disse ainda que se chamava Gabriel. Não vou comentar;

 

*Não sabia nem que Nara Costa ainda estava em atividade, porém mais assustada fiquei por saber que investe no mundo gospel. Irmão Lázaro chora ao ver que fez escola;

 

*Daniela demorou décadas para sair do armário publicamente. Tudo bem. Cada um tem seu tempo. Mas agora virar embaixadora de forçar beijo público é demais, né?;

 

*Com Alex Lopes no “Teleton” 2020 eu já fico imaginando: será que vai levar alguma banda de gosto duvidoso no programa infantil?;

 

*Já Tairine Ceuta imagino gritando que está toda organizada para as crianças e esperando uma reação. Pensem se Silvio Santos fizer com ela o mesmo que fez com a Bagaceira no ano passado? Vai ser barraco dos finos;

 

*Não sabia que fazer quitutes garantiria diploma de Mérito Histórico e Cultural. Pois a quituteira Marta Góes vai ser homenageada pela Academia de Ciência, Letras e Artes de São Paulo;

 

*Uziel está todo corajoso, né, menina? Queria ver se a briga fosse com alguém daqui da região;

 

*Môniquinha Carvalho é tão correria que conseguiu tirar o jornalista metido a blogueiro das filas para entrar de graça nas festas de Salvador e trouxe para seu time de assessoria. Pelo menos, o Marcos já conhece todo mundo que deve barrar nos eventos;

 

*Pois euzinha compactuo da mesma opinião de Jessiquinha Senra. Onde já se viu, ninguém pode ter saliência que já acham que é gravidez?;

 

*Mas vale a reflexão: com tantas roupas de gosto duvidoso dessa estilista da TV Bahia, ela poderia pedir por um novo guarda-roupas;

 

*São tantos problemas na TV Bahia, mas posso indicar uma solução imediata: contratar pessoas que saibam escrever “sobe e desce”. É um início;

*Vivi para ver o Festival de Verão virar um Salvador Fest. E isso não é negativo. Olha como a roda dos negócios gira, né?;

 

*Quem diria que um dia o modelo do Salvador Fest viraria modelo para o Festival de Verão? Até Lore Improta como apresentadora vai ter;

 

*Bom mesmo é para a Salvador Produções, que está saindo por cima e ainda garantiu shows para todo o seu casting. Marcelinho DuWet não brinca em serviço;

 

*Olhei a grade rapidamente e senti falta de uma grade mais diversa. Não tem nada de rock, por exemplo. Poderia ter apostado em uma Pitty, que é baiana. Fica aí a dica;

 

*Lá nas redes sociais, o povo do Villa Mix está cobrando Jorge e Mateus. Já o público da San urrando sentindo falta da Bagaceira;

 

*Ivetinha na grade não deveria nem ser mais anúncio. É quase um contrato de exclusividade, tipo Roberto Carlos no final de ano da Globo;

 

*Por falar na musa do Axé, seu marido, o Cady, está solto, solto. Até no “Se Joga” – que ninguém assiste – ele apareceu falando das manchas de óleo no mar. Timidez é coisa do passado mesmo por lá;

 

*“O Harmonia esgotado”. Tem anos que não lemos essa notícia, mas acertaram desta vez. No domingo não tem ingresso, não adianta me pedir cortesia;

 

*Soube que a coisa está feia entre os cantores Rubinho, de Oz Bambaz, e Kiko Salli, ex-Pimenta Nativa. Segundo informações, quase foram para as vias de fato;

 

*Tia Naty não é só resenha, aqui a gente soluciona problemas. Depois que falei da briga dos empresários do sertanejo da Bahia, soube que montaram uma corrente grande para fazerem as pazes entre o grupo! Oremos;

 

*Adorei a festa do Eva 4.0. Ricardo Martins suando mais que cuscuz na panela, Cássio, o intelectual do Axé, e Durval de meia soquete e boné pra trás se achando o verdade playboy da Rallidavison;

 

*Mandem sugestões de curtas para o Sabe o que eu acho? Ou me procurem no Facebook: Natália Comte. Para os desesperados, tem a opção de falar comigo pelo e-mail nataliacomte@bahianoticias.com.br

Histórico de Conteúdo