Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 25 de Janeiro de 2022 - 08:00

‘Por outro ângulo': Sol Va’a utiliza canoagem como forma de turismo em Salvador

por Alexandre Brochado

‘Por outro ângulo': Sol Va’a utiliza canoagem como forma de turismo em Salvador
Fotos: Kayla Dias / BN Hall

Em meio a pandemia de Covid-19, Salvador ganhou uma nova forma de turismo através de um passeio de canoa havaiana, que tem como foco unir aventura  e história tendo como cenário a Baía de Todos os Santos.

 

A arquiteta Patrícia Almeida decidiu fechar uma sociedade com o professor de canoagem José Icó e criar a Sol Va’a, com a ideia de mostrar Salvador de uma forma que poucas pessoas conhecem. Foi durante a crise sanitária que ela viu a necessidade de praticar um esporte como forma de sair de casa. Na canoagem, a arquiteta encontrou, além de uma distração, uma maneira de estar em contato com o mar e viu ali um potencial turístico.

 


Patrícia Almeida e José Icó

 

“O nosso foco é turístico, a gente sai da praia para mostrar as belezas da cidade, incluindo banhos de mar. Esse era um segmento pouco explorado e que agora trazemos aos turistas um novo olhar para nossa cidade”, contou Patrícia em entrevista ao BN Hall.

 

Com mais de uma opção de roteiro, ao nascer do sol, no meio da manhã e no pôr do sol, José e Patricia levam turistas e moradores da cidade para remarem da Praia da Preguiça, na Av. Contorno, até o Forte São Marcelo, passando pelo Elevador Lacerda, Mercado Modelo e outros pontos turísticos, tudo isso em contato com a natureza e a história de Salvador. 

 

 

José explica que não precisa ter conhecimento do esporte de canoagem para participar do passeio. Jovens, idosos e crianças, com idade a partir de 5 anos, podem realizar o tour de canoa havaiana. Após a colocação dos coletes salva-vidas e a checagem dos equipamentos, o professor ensina os movimentos das remadas e fala sobre a importância da sincronia do grupo. 

 

 

Tanto no esporte quanto no passeio turístico a união é o combustível para fazer com que o percurso seja concluído e é com essa dinâmica de trabalho em equipe, que muitas empresas buscam o passeio de canoa como forma de mostrar aos seus funcionários a importância da coletividade no ambiente profissional. 

 

A atração tem sido bem procurada na capital baiana. Segundo os sócios, pessoas que nunca praticaram o esporte têm se surpreendido com o passeio, uma experiência única e fora do comum.  

 

Para quem deseja realizar o passeio e conhecer Salvador por outro ângulo, basta acessar o perfil da @sol.vaa no Instagram ou entrar em contato pelo (71) 99228-1123. O tour dura em média 1h30 e custa R$ 80 por pessoa.   

 

Siga o @bnhall_ no Instagram e fique de olho nas principais notícias

Histórico de Conteúdo