Bacelar critica uso do Fundeb por Bolsonaro e reclama de falta de articulação de Rui
Foto: Divulgação

Como presidente da Comissão Especial do PEC do novo Fundeb, o deputado federal Bacelar (Podemos) ressaltou a importância da aprovação do projeto tornando permanente o financiamento para a educação. "Conseguimos construir um consenso nunca antes conseguido no Brasil. Foi um apoio vindo do movimento popular, estudantil e da sociedade. Conseguimos colocar o debate da educação no centro do Brasil", pontuou o deputado. Ao Bahia Notícias, Bacelar analisou as propostas do governo federal para a educação e revelou sua preocupação com a educação em meio a pandemia do novo coronvírus e os reflexos que a paralisação das escolas podem gerar no futuro dos estudantes. "Pós pandemia nós vamos ter um choque educacional terrível. Nós estamos colocando o sistema de educação brasileira em risco, pode haver um colapso. A educação foi a primeira área a sofrer os efeitos da pandemia, foi suspensa primeiro e será a última voltar. Era para ninguém estar dormindo, estamos colocando em risco o futuro de uma geração", analisou. Possível candidato a prefeitura de Salvador, o deputado acredita que além da necessidade de uma atenção à base do governo, os componentes do grupo necessitam dialogar. Bacelar alerta ainda que essa analise definirá sua candidatura. "Precisamos discutir estratégia. Meu nome é melhor como prefeito, como vice, e até não ser candidato. Até isso. Não sou daqueles que acham que é tudo ou nada não é política é estratégia militar. Político conversa, discute", disse. Veja a entrevista completa



Histórico de Conteúdo