Destaque em Esportes: Dirigente pede desculpas por invadir campo armado na Grécia

O presidente do PAOK, Ivan Savvdis pediu desculpas, nesta terça-feira (13), por ter invadido o campo armado após ver o seu time ter um gol anulado no clássico contra o AEK, pelo Campeonato Grego. O duelo entre os dois times aconteceu no último domingo (11). A partida foi suspensa após a invasão de campo do cartola. "Quero desculpar-me com todos os torcedores do PAOK e todos os fãs de futebol da Grécia e do resto do mundo. Me desculpo pelo que aconteceu. Está claro que não tinha o direito de invadir o campo assim", afirmou em comunicado. Leia essa e outras notícias na coluna Esportes!

Histórico de Conteúdo