Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após repercussão, Padre Fábio de Melo revela motivo de inchaço no rosto
Foto: Reprodução/TV Globo

O padre Fábio de Melo esteve entre os assuntos mais comentados nas redes sociais por sua aparição no programa Altas Horas, da Globo (relembre aqui). Na ocasião, o rosto inchado do líder religioso chamou atenção dos internautas e levantou a suspeita de que ele teria realizado uma harmonização facial. 


No entanto, após repercussão, o padre explicou que recentemente fez uso de corticóides. "Há dez anos, descobri que tenho uma doença chamada mal de Ménière, cujos sintomas são a perda de audição e o distúrbio do labirinto. Não tenho o segundo sintoma, só tenho a perda de audição do ouvido esquerdo nas regiões graves", acrescenta.


"Usei [corticóides] durante quase dois anos seguidos, com interrupções para que o organismo descansasse, em doses altíssimas: 60 ml por dia”, pontua. "No auge das crises, cheguei a usar 80 ml por dia”, destaca o padre. 


Em março deste ano, em viagem à Turquia, Fábio de Melo teve sinusite, o que o fez retomar o uso do medicamento: "Estava muito frio, não esperava uma temperatura tão baixa. Sofri demais, meus peregrinos viram...Infelizmente, precisei retomar o corticoide – não por causa do ouvido, mas por causa da sinusite". 

Histórico de Conteúdo