Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Evento-teste de Salvador está previsto para acontecer dia 26 de agosto; entenda
Foto: Reprodução / Divulgação

Com data prevista para acontecer no dia 26 de agosto, de acordo com um documento das entidades representativas que participaram do planejamento, a realização do evento-teste em Salvador definirá a retomada do setor de entretenimento da capital. 

 

Responsável pela organização em conjunto com a ABRAPE-BA, ABAPE, APE, ACEMA e ABEOC, a Prefeitura de Salvador espera receber até 500 pessoas como público presencial no estacionamento do Centro de Convenções de Salvador, para um evento com a característica de show musical apenas para convidados.

 

O Bahia Notícias teve acesso ao documento das entidades representativas que detalha como será a realização do evento-teste, que tem como proposta durar 3 horas.

 

A programação montada para o dia 26 é de duas grandes atrações musicais. De acordo com o documento, a ideia é ter uma abertura, seguida do primeiro show, a apresentação de um DJ durante o intervalo, o segundo show e o encerramento.

 

Para o show, o Centro de Convenções será configurado no formato lounge com capacidade para quatro convidados, que de acordo com o documento, precisam fazer parte das principais entidades representativas do setor de eventos, ser profissionais de saúde, da imprensa baiana e de marcas ligadas a realização de eventos e já estarem vacinados (leia aqui).  O acesso será feito por cinco entradas diferentes para não ter a possibilidade de aglomeração.

 

Foto: Reprodução / Evento-teste 

 

A ideia do evento-teste é ter ainda uma amostra de um quantitativo de jovens que já estejam vacinados e façam parte de grupos prioritários, para avaliar o comportamento e captar as percepções quanto ao experimento.

 

Todos os convidados serão previamente testados e precisam estar com no mínimo 20 dias de comprovação da aplicação da primeira dose da vacina. É obrigatória a realização do RT-PCR 48 horas antes do evento e 15 dias após a realização dele, assim como o uso de máscara durante o evento, só sendo autorizada a retirada para alimentação.

 

Na entrada do evento haverá medição de temperatura e em caso de identificação de temperatura de qualquer convidado acima de 37,8º não será permitida a entrada. O público contará com ponto de higienização e totem de álcool gel em todo o espaço onde será realizado o evento.

 

O monitoramento da festa será feito através da Jornada Digital, com um banco de dados para o controle dos convidados e entrada mediante a apresentação de um QRCode, que só será disponibilizado se o teste RT-PCR der negativo.

 

Quem aceitar participar do evento-teste terá que assinar um termo de responsabilidade online que autorize a disponibilização dos dados para acompanhamento e monitoramento pós evento. Todo monitoramento será feito por pelo menos duas semanas após o fim do evento-teste.

Histórico de Conteúdo