Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 04 de Agosto de 2021 - 10:20

Walkyria Santos culpa redes sociais pela morte do filho: 'A internet está doente'

por Bianca Andrade

Walkyria Santos culpa redes sociais pela morte do filho: 'A internet está doente'
Foto: Reprodução / Instagram

Walkyria Santos, ex-vocalista da banda Magníficos, falou em suas redes sociais sobre a morte do filho, o adolescente de Lucas Santos, de 16 anos, que tirou a própria vida na última terça-feira (3) (leia aqui).

 

Em seu Instagram, a artista desabafou sobre a situação e culpou a internet pela morte do filho. Segundo Walkyria, Lucas se abalou com os comentários feitos em um vídeo compartilhado no TikTok.

 

O rapaz, que foi encontrado sem vida em casa, em Natal, Rio Grande do Norte, postou um vídeo de uma brincadeira feita com amigos e recebeu hate (comentários de ódio).

 

"Hoje, dia 3 de agosto de 2021, eu perdi meu filho, uma dor que só quem sente vai entender. E isso é sobre o último post que eu havia feito, os comentários. Ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira de adolescente com os amigos, e achou que as pessoas fossem achar engraçado, mas não acharam, como sempre as pessoas destilando ódio na internet. Como sempre as pessoas deixando comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida. Eu estou desolada, eu estou acabada, eu estou sem chão".

 

A cantora alertou pais para o uso da plataforma. Segundo Walkyria, o filho tinha mostrado sinais de que não estava bem e chegou a ter acompanhamento psicológico, mas a internet piorou o estado.

 

"Mas estou aqui como uma mãe pedindo para que vocês vigiem e fiquem alerta. Eu fiz o que pude. Ele já tinha mostrado sinais, eu já tinha levado a psicólogo, mas foi isso, foram só os comentários na internet, nesse TikTok nojento que fez (sic) que ele chegasse a esse ponto. Eu estou desolada. Que Deus conforte o coração da minha família e que vocês vigiem que a internet está doente", afirmou.

 

 

 

PROCURE AJUDA

O Centro de Valorização a Vida (CVV) oferece atendimento, gratuito e voluntário 24 horas, para quem precisa de apoio emocional e atua na prevenção do suicídio. A organização atende pelo telefone 188, além do chat, e-mail e pessoalmente, em Salvador na Rua do Bângala, 47 – Nazaré.

Histórico de Conteúdo