Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Prefeitura investiga esposa de Safadão após acusação de furar fila da vacina em Fortaleza
Foto: Reprodução / Instagram

Thyane Dantas será investigada pela Prefeitura de Fortaleza após supostamente ter furado a fila da vacinação contra a Covid-19 na quinta-feira (8).

 

A digital influencer e modelo aproveitou a ida do marido, Wesley Safadão, que já havia sido convocado para receber a dose e se vacinou contra a doença, mesmo seu nome não estando na lista de agendados nem ter chegado à idade necessária para receber o imunizante, que era de 32 anos.

 

Foi instaurado um processo administrativo para averiguar o caso.

 

O erro foi percebido por internautas e noticiado pelo Bahia Notícias logo após a divulgação de vídeos por Thyane em suas redes sociais (leia aqui).

 

A assessoria do artista justificou a vacinação de Thyane como se ela tivesse tomado uma dose da "sangria", conhecido popularmente como a "xepa", que é a sobra das outras aplicações que pode ser dada a quem estiver no local para não correr o risco de perder a validade do frasco aberto.

 

No entanto, o projeto, que foi aprovado na Câmara Municipal, ainda não foi sancionado pelo prefeito Sarto Nogueira (PDT).

 

Outro agravante foi o horário em que Thyane recebeu a dose, por volta de 12h. A xepa, quando realizada em outras cidades, só começa a aplicar as doses remanescentes após as 17h, que é o fim do horário da vacinação.

Histórico de Conteúdo