Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Adepta ao Candomblé, Lumena usa Xangô como 'chacota' com Nego Di, Projota e Karol Conká
Montagem: Bahia Notícias

Uma conversa entre Nego Di, Projota, Karol Conká e Lumena na última segunda-feira (8) dentro do Big Brother Brasil 21 vem causando revolta nas redes sociais. Na situação, o humorista fez fez um trocadilho desrespeitoso com o orixá Xangô e os participantes começam a rir, inclusive a baiana que é adepta do candomblé. Eles ironizaram a umbanda, religião de Lucas Penteado.

 

"Eu xangôzei", disse o gaúcho. "Cheguei a xangôzar no quarto, vei. Ave, Maria", completou. Depois, foi a vez de Karol Conká fazer o deboche. "Você falando é muito engraçado. ‘Eu chamei Xangô, véi'", disse a rapper, imitando os trejeitos de Lumena.

 

Em seguida, a psicóloga ainda relembrou uma conversa que teve com o ator, que pediu para sair no último domingo (7). "Eu xangozei. Eu estou pelo certo com meu orixá, você está pelo errado. Ele está te abandonando", disse a baiana.

 

Várias pessoas, inclusive famosos, criticaram o diálogo. "Eu desejo que Xangô dê a resposta certa a cada um deles. Me admira Lumena, uma mulher de candomblé iniciada pra Oxossi compactuar com isso!", disse uma pessoa nas redes sociais. "Vestir branco não pode, não. Explicar o Candomblé e suas origens também não se atreve, agora ouvir uma piada de mau gosto sobre Xangô, (eu não sei quem é Xangô, mas sei que tem uma importância para religiões afro-brasileiras) aí tá tudo bem. Lumena é o que degrada nossa luta", comentou outro seguidor.

 

A chef pernambucana Carmen Virgínia, apresentadora do programa Cozinheiros em Ação, do GNT, disse que vai recorrer à Justiça. "Quero dizer publicamente que de todos os desmandos, todas as atrocidades que vocês fizeram, essa doeu no fundo da minha alma e é por isso que eu vou entrar na justiça contra vocês quatro!", escreveu. Ela é Iyabassé (que é o mesmo que Equede) de Xangô.

 

O ator e apresentador baiano Érico Brás reproduziu a cena no Instagram e se pronunciou. "Eu só espero que Xangô, o senhor da Justiça, atenda o chamado desrespeitoso destes quatro para o jogo e leve em conta que eles estão tripudiando do filho dele. Num país em que a intolerância religiosa mata pais e mães de santo, adeptos de religiões de matriz africana, presenciamos quatro pessoas negras, uma delas se diz iniciada, fazendo chacota da fé de um ex-participante. Será desequilíbrio ou cada um está equilibradamente vomitando sua verdade?".

Histórico de Conteúdo