Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cantora católica, namorada de Joanna agride mãe após ser descoberta desviando dinheiro
Foto: Reprodução / Instagram

A namorada da cantora Joanna, Karen Keldani, vem travando uma batalha judicial com a própria mãe, Nely Keldani, e com o irmão, Fábio Keldani, por questões financeiras. De acordo com informações da colunista Fabia Oliveira, de O Dia, ela chegou a agredir a matriarca, empurrando-a contra uma das pilastras do prédio, após ser descoberta desviando dinheiro da tia avó aposentada para benefício próprio.

 

"A Karen quase matou a minha mãe. Ela tem uma motivação, que é o dinheiro. Nós temos uma tia avó que mora comigo e com a minha mãe há quase cinco anos. A minha mãe confiava na minha irmã Karen e deixava ela cuidando do dinheiro da minha tia. De dois anos pra cá, começou a dizer que minha tia - que tem aposentadoria do Ministério da Fazenda - estava ficando dura e a vida dela (Karen) só crescendo. Ela começou a fazer plásticas, a bancar os próprios shows, porque ela é cantora católica. E a cada dia dizia que a minha tia estava sem dinheiro", explicou Fábio.

 

Na entrevista, ele diz que a artista ficou nervosa quando Nely pediu para ver a situação financeira da tia. "Disse que não mostraria nada, que não tinha obrigação e que se a gente quisesse ver que a obrigasse a mostrar em juízo. Minha mãe achou muito estranho e pediu pra eu achar um advogado pra pedir a curatela da minha tia. Ganhamos e dali vimos que ela estava desviando o dinheiro da tia. Tudo que sobrava nas contas da minha tia ela transferia pra conta dela. Chegou a transferir mais de R$ 30 mil no mesmo mês”, detalhou.

 

Em relação à agressão, o irmão contou que a mãe teve convulsão, traumatismo craniano e sangramento interno. "Essa questão dos desvios virou um processo de prestação de contas. E no dia que começou esse processo novo, ela - que já havia agredido a minha mãe a jogando no chão - veio aqui no nosso prédio, chamou a minha mãe pra descer com o filho dela. Quando minha mãe desceu, ela tomou o celular da minha mãe para pegar as informações confidenciais do processo. E a minha mãe pede o celular de volta e tenta pegar. A minha irmã empurra minha mãe de 66 anos contra uma pilastra de mármore aqui do prédio. Minha mãe bate com a cabeça, cai, minha irmã não presta socorro, continua com o celular da minha mãe e sai correndo. Quando eu desci e vi minha mãe caída, ela estava com a nuca sangrando e me pediu pra levá-la até a clínica São José, pois ela não estava nem conseguindo levantar direito. A pancada atrás foi tão forte que ainda quebrou a órbita ocular dela na frente", finalizou.

 

O relacionamento de Joanna e Karen ficou público em março deste ano. As duas têm o foco na religião católica. De acordo com site Mais Santos, era comum ver Karen na plateia dos shows da namorada. Assim como ver Joanna prestigiando os projetos musicais da amada, antes da pandemia da Covid-19. Em 2011, Joanna foi denunciada pela ex-mulher e ex-empresária, Maria Marta Vieira, por violência doméstica. Na época, a artista declarou que agiu em legítima defesa, e descreveu Marta como ciumenta e possessiva. 

Histórico de Conteúdo