Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 22 de Junho de 2020 - 11:00

Mesmo brigados, Manno Góes celebra parceria com Tuca: 'Era uma química da por**' 

por Júnior Moreira Bordalo

Mesmo brigados, Manno Góes celebra parceria com Tuca: 'Era uma química da por**' 
Foto: Reprodução / Instagram

O músico e compositor Manno Góes resolveu relembrar um pouco sua época de trabalho ao lado de Tuca Fernandes, no comando da Jammil e Uma Noites. O baiano compartilhou uma foto da participação do "Domingão do Faustão" deste domingo (21), já que a atração global estava fazendo um especial sobre os 35 da Axé Music. 

 

"A gente nem se falava. Mas no palco a gente brocava. Era uma química da porra! Ninguém nunca interpretou uma música minha como Tuca. Somos muito diferentes. Mas a gente arrasou! E sou grato! Fomos felizes, do jeito diferente da gente! Eu, Tuca e Paulo Borges, nosso empresário, éramos um trio foda”, escreveu. 

 

Os dois trabalharam juntos por 17 anos - três na banda Jheremmias Não Bate Corner e 11 no Jammil -, sendo, pelo menos, os três últimos sem se falar. Ambos afirmam que cortaram relação por coisas do dia a dia e mantiveram uma relação apenas profissional. Em 2011, Tuca deixou o grupo e Manno entrou já Justiça para proibir o ex-parceiro de gravar suas composições.   

 

Dois anos depois, o artista também saiu da banda Jammil, que segue comandada por Levi Lima e empresariada por Paulo Borges. Apesar da lembrança, os ex-parceiros não se seguem nas redes sociais e, ao Bahia Notícias, a assessoria de Tuca informou que eles não mantém nenhum tipo de contato.  

Histórico de Conteúdo