Rede Bahia vai reduzir salários e jornada laboral em 25%; medida atingirá Jéssica Senra 
Crise do coronavírus afeta Rede Bahia | Foto: Reprodução / TV Bahia

A crise que abateu a economia brasileira durante a pandemia do coronavírus atingiu a Rede Bahia. De acordo com informações da coluna de Leo Dias, no Uol, a afiliada baiana da Globo informou, por meio de comunicado interno redigido pelo diretor-presidente Paulo Cesena, que irá reduzir gastos, além da jornada laboral e salários de seus funcionários em 25%. 

 

Segundo Casena, a empresa tem feito esforços para superar a crise, mas houve “perda de receitas significativas em nossas operações". Por este motivo, o diretor diz que é necessário “um esforço coletivo e a tomada de decisões essenciais para o equilíbrio financeiro das operações", apesar de ter "consciência do quanto essas ações irão impactar a vida de cada um". Dentre as medidas adotadas após a queda dos patrocínios, estão redução de gastos em 5%, revisão de contratos com fornecedores; fim de investimentos por tempo indeterminado; proibição de horas extras; e a readequação da remuneração dos funcionários. As medidas emergenciais valem a partir do dia 15 de abril e são válidas, inicialmente, por três meses. 

 

Ainda de acordo com a coluna, os cortes vão atingir até mesmo a âncora Jéssica Senra, principal nome da TV Bahia, que ganhou destaque nacional ao integrar o rodízio de apresentadores do Jornal Nacional e por fazer comentários na bancada Bahia Meio-Dia, que têm viralizado nas redes sociais.

Histórico de Conteúdo