Sexta, 03 de Abril de 2020 - 20:21

Prior se diz inocente de denúncias sobre estupro: 'Nunca cometi violência sexual'

por Matheus Caldas

Prior se diz inocente de denúncias sobre estupro: 'Nunca cometi violência sexual'
Foto: Reprodução / Instagram

O ex-participante do Big Brother Brasil, Felipe Prior, se pronunciou na noite desta sexta-feira (3) sobre as denúncias veiculadas pela revista Maire Claire a denúncia de três mulheres que, supostamente, foram vítimas de estupro e tentativa de estupro pelo ex-BBB (leia mais aqui).

 

Prior garantiu inocência. “Eu estou muito chateado mesmo. Desconheço todos os fatos apresentados. Nunca cometi nenhuma violência sexual contra ninguém. Sou inocente”, afirmou.

 

Ainda de acordo com Prior, os advogados estão “tomando todas as providências”. “O que me deixa mais chateado é saber que, depois que entrei na casa, as pessoas apresentaram uma denúncia pesada contra mim. Meus advogados estão tomando todas as providências”

 

Por fim, ele se diz tranquilo com a situação. “Gostaria de dizer ao público que todo carinho que eles estão me passando está me tornando mais forte. E isso é o principal. Minha consciência está muito tranquila” , concluiu.

 

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) pediu a abertura de inquérito policial para apurar as denúncias contra o ex-brother (leia mais aqui). 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Felipe Prior, por sua assessoria, informa que não tomou conhecimento do teor de acusações de crimes que jamais cometeu, e que jamais cometeria. Por enquanto, Felipe Prior repudia, veementemente, as levianas informações espalhadas sobre supostos fatos que teriam ocorrido há anos, mas somente agora, depois de ter adquirido visibilidade pública, são manobrados. Felipe Prior estará à disposição das autoridades para qualquer tipo de questionamento, e adotará todas as medidas necessárias contra os que investem contra a sua civilidade. DRA. CAROLINA TIEPPO PUGLIESE RIBEIRO – OAB/SP 383.251 DR. RAFAEL TIEPPO PUGLIESE RIBEIRO – OAB/SP 405.091 DRA. CELLY F. DE MESQUITA PRIOR – OAB/SP 416.300

Uma publicação compartilhada por Felipe Prior (@felipeprior) em

MP-SP pede abertura de inquérito policial para apurar denúncias contra Prior
Foto: Reprodução / Instagram

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) pediu nesta sexta-feira (3) a abertura de inquérito policial para apurar as denúncias contra o ex-participante do Big Brother Brasil 20, Felipe Prior (leia mais aqui).

 

"O MP-SP requisitou instauração de inquérito policial para apuração dos fatos. O caso está sob sigilo", disse o MP, segundo o jornal o Globo. 

 

A investigação vai acontecer após reportagem da revista Marie Claire ter publicado relatos de três mulheres que declararam ter sido vítimas de estrupro e de tentativa de estupro pelo ex-participante do principal reality show do Brasil. 

 

Os crimes teriam acontecido em festas universitárias de São Paulo, em 2014, 2016 e 2018. Segundo a reportagem, os depoimentos delas estão na notitia criminis protocolada no Departamento de Inquéritos do Fórum Central Criminal em 17 de março de 2020, pelas advogadas Maira Pinheiro e Juliana de Almeida Valente.

 

Prior se notabilizou pela participação no BBB deste ano. Ele foi eliminado no paredão da última terça-feira (31), contra a baiana Mari Gonzalez e a cantora Manu Gavassi, com um recorde histórico de cerca de 1.5 bilhão de votos. 

Anitta rebate críticas por ter convidado Prior para festa; brother é acusado de estupro
Foto: Elias Dantas / Ag. Haack / Bahia Notícias

A cantora Anitta usou o Twitter para se defender de ataques de internautas por ter convidado o ex-BBB Felipe Prior para uma festa assim que a quarentena acabasse. O eliminado da semana do Big Brother Brasil 20 foi acusado de dois estupros e de uma tentativa do mesmo crime.

 

O caso veio à tona após o participante ser eliminado do programa, em reportagem publicada nesta sexta-feira (3) pela revista Marie Claire (leia aqui). O veículo teve acesso a documentos que comprovariam as narrativas das vítimas do ex-BBB. As identidades das vítimas foram preservadas.

 

Após comentários e cobranças de fãs e internautas, Anitta explicou que seguiu e mandou mensagem para Prior fazendo um convite para uma festa na casa “fazia tempo”. “Ele tava convidado faz tempo, justamente porque, por um momento, achei que ele tinha se arrependido de comportamentos inadequado que teve na casa. Eu tuitei sobre isso várias vezes”, escreveu a cantora na rede social.

 

“Não tô entendendo a surpresa. Assim como vocês, eu também não conheço ele. Por isso não fiz campanha nenhuma pra ninguém. Realmente, as acusações que surgiram sobre ele são graves. Como uma mulher feminista, abomino qualquer ato de violência contra nós, mulheres”, seguiu Anitta.

Apoiador de Bolsonaro, Carlos Vereza diz que 'tirou time de campo' após ataques a Mandetta
Foto: Reprodução / TV Globo

Veterano da dramaturgia e apoiador do presidente Jair Bolsonaro, o ator Carlos Vereza anunciou nas redes sociais, nesta sexta-feira (3), que encerrá as postagens abertas ao público. 

 

A iniciativa foi tomada após ele publicar, na quinta-feira (2), uma opinião sobre a conduta de Bolsonaro diante dos posicionamentos do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Estava tentando defender Bolsonaro, não tanto por ele, mas pela normalidade das instituições. Mas ele desautorizar publicamente o ministro da Saúde por ciúmes, não dá mais. Tirei o time”, escrevera. 

 

Segundo Vereza, a decisão, de a partir de agora escrever para poucos, não foi motivada por “cansaço”, mas pelo fato dele “estar constatando a invasão de uma horda de bárbaros, quadrúpedes fanatizados, filhotes sectários formados pelo populismo do honesto mas egocêntrico Jair Messias Bolsonaro”.

 

O veterano afirmou não ver “nenhuma diferença” de tal grupo com “os quadrúpedes petistas fanatizados pelo gatuno Lula da Silva”, mas lembrou de Umberto Eco, que previu e “alertou para os imbecis que ocupariam as redes sociais”. 

 

“Nada veem além da própria limitação para compreender, que a crítica bem intencionada, significa alguma esperança no político que apoiei publicamente, antes das eleições, e mesmo depois, e depois. Mas os dedos acusadores erguem-se ao lado de clichês, de frases mal articuladas. E, os que tentam apontar os desvios de rumo do presidente, são alvo da ignorância, do linchamento de reputações”, continuou. 

 

Ao término do desabafo, Vereza destacou que fez “muitos e queridos amigos e amigas”, tantos que lhe “honraram com trocas intelectuais, amoráveis e nunca virtuais”. Ele, porém, lamentou ao constatar que “tentar a racionalidade neste momento, é tarefa semelhante ao mito de Sísifo - no caso, em geral, dialogar com o próprio eco”.

 

Confira:

João Bosco e Vinícius discutem com Naiara Azevedo após lançarem a mesma música
Foto: Montagem / Reprodução / Instagram

Os sertanejos João Bosco e Vinícius se desentenderam com a cantora Naiara Azevedo, nesta sexta-feira (3), após ela lançar a mesma música que eles apenas um dia depois. A dupla afirma que tinha um contrato de exclusividade para produzir a canção, com validade até julho.

"Nunca, em toda nossa história de 26 anos de carreira e quase 20 de estrada, gravamos uma música sem as devidas liberações e exclusividade. Aqui é na base do contrato, do preto no branco, do jogo limpo", afirmou a dupla em sua conta no Instagram, onde também mostraram o contrato de exclusividade da música.

A canção em questão é "Onde Não Tinha Espaço", de autoria de Elvis Elan e Henrique Casttro, que, pelo contrato apresentado pela dupla, teria seu direito de reprodução exclusivamente concedido a eles por um período de 12 meses.

Apesar disso, a música teve uma versão ao vivo liberado pela dupla João Bosco e Vinícius no dia 1º e outra no dia seguinte, por Naiara Azevedo.

A cantora, no entanto, não gostou da reclamação dos colegas e afirmou, também nas redes sociais, que ficou surpreendida. "Nós, artistas sertanejos, somos todos amigos, e inclusive sou uma grande fã e talvez por isso tenha achado desnecessária a atitude. Ao meu ver o correto seria entrar em contato comigo", afirmou.

"Eu explicaria tudo para vocês sem nenhum problema, por que não agi hora nenhum de maneira errada. Eu respeito muito os autores, jamais soltaria algo sem liberação. Não é minha música de trabalho, então não quis pegar a exclusividade da música, mas tenho sim a liberação dela", completou ela.

A dupla então reafirmou que seu contrato era de exclusividade: "Nós gravamos nosso DVD em outubro em Goiânia, dois meses antes do seu projeto, com exclusividade de um ano da canção. Soltamos a música e, no dia seguinte, você solta, e nós que deveríamos procurar você para resolver?"

"Desculpa, mas devemos seguir a ordem dos fatos, não acha? Quem deve explicações não somos nós, amiga. Estamos sendo transparentes com os nossos fãs e seguidores, que ficaram sem entender nada quando você lançou a mesma música um dia após o nosso lançamento."

Muitos fãs comentaram, alguns concordando com a dupla e outros com a cantora. Internautas, inclusive, compararam as duas versões, escolhendo qual ficou melhor.

A reportagem tentou contato com os dois compositores da música, mas ainda não teve resposta.

 

Em parceria com MC Zaac, Claudia Leitte lança clipe de 'Rebolada Bruta'
Foto: Jacques Dequeker / Divulgação

Ao lado do funkeiro MC Zaac, a cantora Claudia Leitte lançou, nesta sexta-feira (3), o clipe da canção “Rebolada Bruta”. O produto audiovisual contou com a direção de Jacques Dequeker e a faixa integra a segunda parte do álbum “Bandera Move”, que foi lançado no mesmo dia. 

 

No clipe, a artista aparece caracterizada com cinco looks diferentes assinados por Yan Acioli e criados pelos estilistas Cecília Prado, LOFT 747, Silvia Ulson e Israel Valentim. A monocromia tanto das roupas, quanto do cenário, é um dos pontos principais do projeto que foi gravado em São Paulo. 

 

“Gravar com o MC Zaac foi animado demais. Ele é muito massa e divertido. Espero que todo mundo goste do clipe que vem aí tanto quanto a gente curtiu filmá-lo”, disse a cantora. 

 

"Fiquei muito feliz em fazer essa colaboração com Claudia em Rebolada Bruta. Ela é uma artista que sempre admirei, por isso me senti honrado quando recebi o convite para essa participação. A música é ótima e super dançante, assim como o clipe. Está demais!”, comemorou MC Zaac. 

 

Além do ritmo dançante apresentado “Rebolada Bruta” e pela envolvente “Pulsação”, Leitte trás na segunda parte do “Bandeira Move” três faixas românticas, entre elas, “Meus Olhos Não Mentem”, “Só Quero Você” e “Amor Amor”.

 

Confira o clipe de “Rebolada Bruta”: 

Homem apontado como pai do filho de Sthe Mattos se defende: 'Estávamos solteiros'
Foto: Montagem / Reprodução / Instagram

Apontado como verdadeiro pai de Apolo, filho da influenciadora Sthe Mattos, Fábio Silveira decidiu se pronunciar, nesta sexta-feira (3), no Instagram. As declarações do rapaz surgiram três dias depois que o influencer Abner Pinheiro expôs um teste de DNA, que revelava não ser genitor da criança (relembre aqui). 

 

Na publicação postada por Fábio, um quadro preto acompanhado de um texto, ele esclareceu que na época em que a criança foi concebida, ele e Sthe estavam solteiros, situação também relatada pela influencer (relembre aqui). Silveira, inclusive, disse que foi pressionado a falar sobre o assunto e afirmou que o fato “não deveria ser tratado de forma pública”. 

 

“Estou buscando esclarecer as coisas acima de tudo, preservar um bebê, que jamais deveria ser exposto assim. Tenho agido da maneira que considero ser a certa: conversando com Sthe de forma madura e privada. Os fatos já estão sendo apurados e quero que tudo seja resolvido com sabedoria”, disse. 

 

Por fim, reafirmando o desejo de preservar a imagem de Apolo, Fábio pediu para que as pessoas evitasse postar fotos deles dois juntos, como também da sua família. Ele também revelou que a repercussão do fato lhe trouxe consequências. “Essa exposição já causou muitos danos. Confio que tudo será esclarecido o mais breve possível. Até lá, conto com o bom senso e o respeito de todos vocês”, concluiu. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Boa tarde a todos. Nos últimos dias, muitas pessoas têm me pedido uma posição sobre os recentes fatos envolvendo Sthe. Em condições normais, esse assunto não deveria ser tratado de forma pública, mas devido à repercussão que ele teve e também para evitar que mentiras sejam alimentadas, vou falar o que é possível nesse momento. Antes de mais nada, queria deixar claro que, na época que nos envolvemos ambos estávamos solteiros. Essa nova situação, trazida ao conhecimento de todos, inclusive ao meu, esta semana. Me fez agir e pensar com muito cuidado e atenção. Estou buscando esclarecer as coisas acima de tudo, preservar um bebê, que jamais deveria ser exposto assim. Tenho agido da maneira que considero ser a certa: conversando com Sthe de forma madura e privada. Os fatos já estão sendo apurados e quero que tudo seja resolvido com sabedoria. Por isso, visando à preservação da imagem do bebê, quero pedir a vocês que parem de postar fotos minhas com ele, bem como, da minha família. Aproveitando quero deixar claro que não tenho Twitter e esse é o meu Instagram Oficial. Essa exposição já causou muitos danos. Confio que tudo será esclarecido o mais breve possível. Até lá, conto com o bom senso e o respeito de todos vocês. Que Deus abençoe cada um aqui.

Uma publicação compartilhada por Fábio Silveira (@_fabiosilveira) em

Ex-BBB Prior é acusado de 2 estupros e uma tentativa; revista teve acesso a inquérito
Foto: TV Globo

Marcado por rusgas com a ala feminina do Big Brother Brasil 20, o último eliminado do programa, Felipe Prior, tem contra si duas acusações de estupro e uma de tentativa. A informação é da revista Marie Claire, que teve acesso ao depoimento de uma das vítimas em uma queixa-crime protocolada no Departamento de Inquéritos do Fórum Central Criminal em 17 de março de 2020.

 

Segundo a revista, o primeiro caso aconteceu no dia 9 de agosto de 2014, quando Themis (pseudônimo) pegou uma carona com Prior, após os  jogos universitários das faculdades de arquitetura e urbanismo de São Paulo, chamados de InterFAU. A vítima contou que ao chegar em casa o ex-BBB se lançou sobre ela, beijando e passando a mão por seu corpo. Segundo depoimento, ele a jogou no banco de trás, tirou sua roupa e abriu a própria calça, deixando o genital à mostra. Themis disse ainda que por estar alcoolizada não conseguia oferecer resistência física, mas que pediu muitas vezes para ele parar e deixou claro que não queria manter relações sexuais. 

 

A vítima disse ainda que Felipe teria reagido de forma agressiva, e aos gritos tentava convencê-la a fazer sexo. “Para de ser fresca, no fundo você quer, não é hora de se fazer de difícil”, insistiu. Mesmo diante das negativas ele a estuprou. Ela contou também que a violência foi tão grande que fez uma laceração no lábio vaginal esquerdo e provocou um sangramento forte. Ao ver a garota machucada, Felipe a deixou no portão de casa e foi embora. 

 

Segundo a revista, na mesma madrugada a vítima foi ao hospital junto com a mãe e constatou que tinha "um corte de cerca de três dedos de comprimento na região genital, profundo o suficiente para chegar até o músculo". No local ela foi atendida por três médicas, mas ela preferiu esconder o que tinha acontecido, afirmando que ocorreu após fazer sexo com um namorado. Depois do estupro ela ficou uma semana de cama e teve dificuldade em começar uma terapia para falar sobre o ocorrido. Ela disse ainda que um ano depois do incidente teve crises de pânico que chegaram a atrapalhar seu trabalho.

 

"Tudo para mim se resume a uma grande agonia no peito", disse ela à revista. “Simplesmente coloquei a violência que sofri debaixo do tapete por seis anos. Achei que não lidando com ela, sumiria em mim. Atrasei dois anos da minha faculdade por causa do estupro. Tranquei todas as matérias do curso porque vê-lo todos dias era torturante. Ele é um cara impulsivo, agressivo. O que mostrou no BBB não chega perto do que é na vida real. Tenho medo do que pode fazer, mesmo diante de uma acusação formal, com advogada e tudo. Mas não posso mais guardar esse mal para mim”, afirmou.


De acordo com o documento que a publicação teve acesso, o arquiteto Felipe Prior se envolveu em outro caso de violência sexual nos jogos InterFAU de 2016, no município de Biritiba Mirim. Desta vez ele tentou estuprar uma estudante. Ela contou que o ex-BBB a chamou para entrar em sua barraca de camping, tentou penetrá-la no ânus por duas vezes e após a jovem se negar a praticar sexo, ele a conteve com o uso da força. A segunda vítima disse ainda que o estupro só não foi consumado porque conseguiu empurrar Felipe e fugir. Ela explicou ainda que embora tenha entrado na barraca com o intuito de fazer sexo, recusou veementemente continuar a relação ao perceber que não tinham camisinha. 

 

"Quando começou o BBB, vi um tuíte de uma garota que dizia que o Felipe tinha fama de assediador no Mackenzie. Foi quando entendi que a violência que sofri não era única. Mandei uma mensagem para garota e disse a ela que se aparecessem mais vítimas, me manifestaria. Dessa forma encontrei Themis, que me contou que além do estupro, tinha um boletim médico comprovando a laceração em seu genital", disse ela. Foi a partir do contato na rede social que as mulheres decidiram reagir. 


No ano de 2018, em outra edição do InterFAU, o ex-BBB teria cometido um terceiro estupro. Como nos casos anteriores, aproveitando a embriaguez da vítima ele a convidou para entrar em sua barraca e cometeu a violência. Em princípio, Ísis (pseudônimo) mantinha relações de maneira consentida, mas, após ele agir de forma agressiva ela pediu que ele parasse, mas ele seguiu. Segundo o documento ao qual a revista teve acesso, Felipe deu tapas no rosto e no corpo da vítima e mesmo depois dela dizer que sentia dor e queria parar. Segundo a publicação, a garota chegou a chorar, mas ele a imobilizava e  impedia que ela saísse. Mesmo após o estupro ele seguiu impedindo que ela se desvencilhasse e ela só conseguiu fugir após ele pegar no sono, no dia seguinte. Testemunhas chegaram a escutar Ísis chorando e pedindo que o acusado parasse e sustentaram a versão da vítima no documento da acusação.

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 13:00

Babu revela uma queda por Jojo Todynho e conta que namorada tem ciúmes

por Folhapress

Babu revela uma queda por Jojo Todynho e conta que namorada tem ciúmes
Foto: Reprodução / TV Globo

Em conversa com as mulheres da casa do BBB 20, Babu, o único homem restante, contou a vez em que conheceu a cantora Jojo Todynho e quando desenvolveu por ela uma queda. De acordo com ele, que contou o episódio de forma divertida, sua namorada morre de ciúmes de Jojo.

"A pilha da Jojo Todynho ela [namorada] comeu legal. Aqui amor, aqui ó, é a Jojo Todynho. Amor desculpa, mas a Jojo eu não resisto", disse o ator que comentou qual foi a reação de Tatiane Melo. "Eu pensei que a Tati iria rir. Ela pegou pilha e disse: 'Como assim, vai resistir o quê?' Se você pegar e ficar de gracinha com alguém lá dentro [do BBB], eu vou falar aqui que tenho um namoro aberto e vou pegar alguém também", revelou.

Amigos desde que gravaram cenas da série "Suburbanos", ele e Jojo levam o assunto na esportiva. Tanto que a funkeira até publicou em seu Instagram o momento em que Babu fala bem dela.

Com a saída de Felipe Prior em paredão com mais de 1,5 bilhões de votos, o ator Babu Santana se tornou o único homem da casa no BBB 20. E o fato de ele ter seguido o coração e brigado com o melhor amigo para evitar votar em Thelma ou Rafa está mexendo com a cabeça de Mari. Em conversa com Flayslane, a baiana acredita que, por causa desses fatores, ele vai virar o novo queridinho da casa e os novos alvos serão as duas.

Gabriela Prioli confirma novo programa na CNN e diz que se resolveu com Reinaldo Gottino
Foto: Reprodução / CNN

Após pedir para se afastar do quadro "O Grande Debate", da CNN Brasil, por divergências com o mediador Reinaldo Gottino e Tomé Abduch (clique aqui), Gabriela Prioli confirmou que será promovida e ganhará um programa na emissora. 

 

“É isso mesmo, a gente está trabalhando num projeto novo que vai ser criado do zero, muito de acordo com aquilo que eu acredito, com a minha cara, e obviamente com todas as considerações que vocês fazem, porque a gente interage aqui o tempo inteiro e não poderia ser feito de forma diferente”, disse ela em um vídeo publicado no Twitter nesta sexta-feira (3). 

 

“Quero aproveitar agora com essas boas notícias para pedir pra gente voltar os olhos para o futuro. Eu sempre digo em todos os meus posicionamentos, quem me acompanha aqui sabe, que a crítica deve ser encarada como uma possibilidade da gente evoluir, se aperfeiçoar, melhorar, se aprimorar. Então, a gente precisa fazer uma interpretação da crítica não num sentido destrutivo, mas no sentido criativo. Vamos criar a partir daí”, pediu a advogada e comentarista política, destacando que o mal estar com o mediador já é passado. 

 

“Dito isso, quero contar pra vocês que eu já conversei com o Gottino, tá tudo bem, então vamos voltar os nossos olhos para o futuro, que a gente tem um projeto novo para estruturar e eu conto com a ajuda de vocês”, contou Prioli. “Estou muito feliz, estou ansiosa, acho que vai ser um processo muito legal, tanto essa criação do nosso novo bichinho, quanto, finalmente, quando ele for ao ar. E eu gostaria de ter vocês comigo durante toda essa trajetória”, concluiu.

Cantor morre após sofrer dois acidentes em menos de 3h no Piauí
Foto: Divulgação

O cantor piauiense Francisco de Paula Moura, conhecido como Paulynho Paixão, morreu na madrugada desta sexta-feira (3). Ele havia sofrido um acidente de carro por volta das 22h da última quinta (2) e saiu ileso, mas resolveu voltar ao local de moto e caiu na PI-225, altura da cidade de São Miguel da Baixa Grande, 159 km de Teresina, e morreu devido aos ferimentos. A informação é do G1.

 

Segundo o irmão, Paulynho Paixão foi para a casa da família, em São Miguel da Baixa Grande, de onde foi encaminhado ao hospital da cidade. Logo depois de ser liberado, ele decidiu voltar para buscar o carro acidentado.

 

Conhecido como "Rei do Coladinho", Paulynho Paixão compôs músicas que são interpretadas por cantores como Simone e Simária, Luan Santana, Gusttavo Lima, Leo Magalhães, Xand Avião e Wesley Safadão.

Larissa Manoela e Fitdance divulgam curso com renda revertida ao combate da Covid-19
Foto: Reprodução / Instagram

A atriz e cantora Larissa Manoela e o Fitdance juntaram forças para combater o coronavírus. Nesta quinta-feira (2), a artista compartilhou em suas redes uma campanha beneficente, na qual os colaboradores trocam doações por aulas de dança.

 

“Esse vídeo tem um propósito muito legal ???? Me uni com o Fabio Duarte e o Fitdance para incentivar todos vocês a remexer o corpo e aprender a dançar ou aprimorar a sua dança nessa quarentena. O objetivo além da sua saúde e o bem estar próprio, é estar ajudando também uma campanha beneficente”, publicou a artista. “Você se inscreve no link que está na minha bio, faz o seu pagamento para o Curso Start do Fitdance que está com 30% de desconto e, durante duas semanas, todo lucro arrecadado da minha parte e da parte do Fitdance será destinado à Santa Casa de São Paulo no combate ao coronavírus”, explicou.

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Larissa Manoela (@larissamanoela) em

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 11:10

Ivete comenta fala racista do amigo Rodrigo Branco: 'Discordo completamente'

por Jamile Amine

Ivete comenta fala racista do amigo Rodrigo Branco: 'Discordo completamente'
Foto: Arquivo Pessoal

Após a repreensão de Preta Gil (clique aqui), outra amiga de Rodrigo Branco veio a público para rechaçar as falas racistas do empresário a respeito de Maju Coutinho e Thelma do Big Brother Brasil 20.

 

Em uma live realizada na madrugada desta sexta-feira (3), no Instagram, a cantora baiana comentou o caso, contou que conversou com o amigo sobre o incidente e disse que discorda veementemente da postura dele.

 

"Muitos de nós não sabemos o que é ser discriminado. Muitos de nós não sabe o sabor disso. De ser olhado de forma diferente, de ser considerado diferente, de incutirem na vida dos filhos dessas pessoas que o cabelo deles não é bonito, que a cor dele é diferente e que eles não podem brincar na rodinha e que eles não podem estar à frente de um telejornal, e que eles não podem ser médicos, cientistas, doutores, modelos, mães, mulheres”, disse Ivete. “Então o que eu quero dizer a vocês é que eu discordo completamente dessa postura dele. Conversei com ele e falei da minha tristeza, eu acho que ele já está aprendendo”, completou.

 

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 11:10

Luis Ganem: O dia depois do amanhã

por Luis Ganem

Luis Ganem: O dia depois do amanhã
Foto: Divulgação

Já há alguns anos, o mercado musical e seus modelos no formato como conhecemos vem definhando com o advento das novas tecnologias. Desde a questão fonográfica, que envolve diretamente as gravadoras, passando pela pré-venda de shows – anúncios, métrica social e etc..., chegando à execução musical – o que é feito por uma estação de rádio –, tudo mudou com o passar do tempo.

 

Mudou e vem mudando de forma rápida, mas por ser tão rápida e pela vida tão dinâmica que temos, acaba sendo imperceptível aos olhos, ou ao menos passa despercebido.

 

Acompanhar a velocidade das mudanças tecnológicas no mundo da música é algo em igual peso a de um advogado diariamente verificar as mudanças de decisões da Justiça. Hoje quem não faz, fica para trás em relação aos demais.

 

E isso que estou falando está acontecendo agora, neste momento, no mercado musical. Artistas que outrora não se “ligavam” na tal da tecnologia, estão sendo obrigados a pôr pra fora o inconformismo com o mundo moderno e ficar por dentro do mundo hi-tech.

 

Se existe uma preocupação de como ficará o entorno geral do mercado musical, algumas ideias, mesmo com um quê de amadoras, vêm sendo colocadas no “tubo de ensaio” e começado a aparecer. Por esses dias mesmo, foi feito um som em formato de live pelo cantor Bell Marques com seus filhos Rafa e Pipo Marques, e também pela cantora Claudia Leitte – isso em se tratando de artistas baianos, voltados para o ritmo axé. O mesmo vem se repetindo com streaming de vídeo Brasil afora, com artistas da nova geração e de longa estrada como Flávio Venturini, Guilherme Arantes, Ivan Lins, dentre outros. 

 

É fato que o formato do artista como conhecemos hoje pode estar com seus dias contados. Talvez na pior das análises, em uma volta aos idos da idade média – numa pegada menestrel digital – com as suas devidas proporções. Digo menestrel digital pois, também com o advento das novas tecnologias, já vemos artistas fazendo shows sozinhos no palco, mas com um som de banda completa, feita com um simples disparo de sampler – a grosso modo, equipamento que reproduz de forma individual e coletiva sons de instrumentos.

 

Podem dizer que estou sendo exagerado. Mas, como não ser? É certo que o nosso mercado vai e precisa continuar. Já foi dito pelos oráculos de respostas prontas que todo mundo vai perder os empregos – em se falando do mercado musical –, mas e as novas fórmulas? Mesmo que laboratoriais, é preciso efetivar novos conceitos, é preciso dar novas ideias que deverão ser ajustadas e formatadas para essa nova realidade. 

 

A forma como se é conduzida a música e como ela será vendida, perpassa não somente pela tecnologia, mas também pelos ajustes sociais que existirão depois de achada a cura para a Covid-19. Enquanto isso não acontece, é preciso ensaiar novas fórmulas de manter um mercado em movimento e conseguir provir as novas formas que virão.

 

Elas já estão sendo colocadas em prática por artistas consagrados como Gusttavo Lima, mas também chegarão aos novos, do seu modo e jeito. Como? No próximo texto, falo sobre isso.

 

No mais, #fiqueemcasa.

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 10:00

Gabriela Prioli será promovida e ganhará programa em horário nobre na CNN

por Folhapress

Gabriela Prioli será promovida e ganhará programa em horário nobre na CNN
Foto: Reprodução / Instagram

Depois de ameaçar deixar a CNN duas semanas após a estreia do canal, a advogada e comentarista política Gabriela Prioli deverá ser promovida e ganhar um formato em horário nobre na emissora. As informações são do colunista Leo Dias.

De acordo com ele, o novo formato contará com Prioli como o principal rosto. A ideia vem sendo elaborada em total sigilo e só deve ser anunciada nos próximos dias.

A atração será voltada para análises das notícias do dia e antecederia o programa de William Waack na parte noturna.

A comentarista Gabriela Prioli anunciou sua saída do quadro "O Grande Debate", da CNN Brasil, pelo Twitter, no domingo (29). Segundo comunicado divulgado pelo canal de TV, o futuro dela na emissora será decidido nos próximos dias.

Mestre em direito penal pela Universidade de São Paulo e professora na pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Prioli participava dos programas de debates mediados pelo jornalista Reinaldo Gottino, ao lado de Caio Coppolla e Tomé Abduch. O quadro integra o programa Novo Dia.

Vídeos viralizaram no Twitter com momentos dos debates. Em diversas ocasiões, Prioli era interrompida e criticava os atos de seus colegas de bancada.

Desde sexta-feira (27), circula um vídeo em que Reinaldo Gottino, mediador do quadro, a interrompia várias vezes. Ao fim do dia, a CNN Brasil distribuiu um comunicado informando que o quadro passaria a ter novos debatedores - os advogados Gisele Soares e Thiago Anastácio. O canal fez constar no texto um pedido de desculpas de Gottino a Gabriela: "Eu me excedi", admitiu ele.

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 09:00

Após fala de Gizelly, assessoria de Thelma emite nota sobre 'racismo estrutural'

por Jamile Amine

Após fala de Gizelly, assessoria de Thelma emite nota sobre 'racismo estrutural'
Foto: Reprodução / TV Globo

Durante uma conversa descontraída entre diversas “sisters” no quarto céu, na quinta-feira (2), Gizelly fez um comentário que causou climão dentro e fora da casa do Big Brother Brasil 20. 

 

Em determinado momento ela olhou a roupa de cama de Thelma e perguntou: “Gente, eu não sei o que a Thelminha passa na cara, é barro?”. “É minha base! E olhe que eu tiro a maquiagem. A minha base é marrom..”, respondeu a médica, que é negra. A advogada, então, disse que não se tratava da cor, mas da quantidade do pó, que acabava sujando fronha e lençóis. 

 

 

Se dentro da casa faltou uma repreensão mais direta pela fala considerada racista, nas redes sociais não faltaram críticas. 

 

“Não existe no nosso vocabulário "BARRO" sendo usado pra maquiagem pesada ou pra maquiagem pra pele preta. O termo para maquiagem pesada é REBOCO e é utilizado por TODAS AS BLOGUEIRAS e BLOGUEIROS DE MAQUIAGEM (que são em sua maioria brancos, infelizmente)”, disse uma espectadora no Twitter, criticando quem minimizou a fala da “sister”. “Gizelly mais uma vez falando merda acabou de  chamar a base que a Thelma usa de barro. Vamos de cancelada e vamos de rejeição”, comentou outro.

 

Diante do incidente, o administrador das redes sociais de Thelma decidiu emitir uma nota com um posicionamento sobre a fala de Gizelly, que é amiga da médica. "Mais cedo Gizelly teve uma fala que se enquadra como racismo estrutural, apesar de afirmar que não é pela cor e sim pela quantidade da base que Thelma usa, ainda assim é uma fala racista", diz o comunicado. "Infelizmente temos no nosso vocabulário várias palavras que são racistas e nem todo mundo sabe, como por exemplo "denegrir" e "criado mudo", a chave para a luta contra isso é a educação e o debate saudável", acrescenta, citando duas palavras que em outra ocasião Gizelly disse ter banido de seu vocabulário por ter aprendido que são racistas.

 

Sexta, 03 de Abril de 2020 - 08:30

Flayslane vence prova de sorte e é a nova líder do Big Brother Brasil 20

por Folhapress

Flayslane vence prova de sorte e é a nova líder do Big Brother Brasil 20
Foto: TV Globo

Flayslane é a nova líder do BBB 20. Em prova de sorte, ela demonstrou mais sexto sentido do que os concorrentes e venceu a disputa.

Na prova, os participantes, um a um, escolhiam uma chave. As chaves que ligavam os carros expostos no gramado davam ao competidor o direito de ir para a próxima fase.

Rafa foi a primeira a ser eliminada por não conseguir ligar o carro. Gabi também não conseguiu ligar o carro. Marcela também foi eliminada. Ivy e Thelma, as últimas a pegar as chaves, conseguiram ligar o carro e foram à próxima fase.

Na segunda etapa participaram do jogo Babu, Flay, Mari, Gizelly e Manu. Mais uma vez, apenas duas das chaves davam ao competidor a chance de ligar o carro e partir para a próxima fase.

Manu foi a primeira a escolher a chave, mas não ligou. O segundo a jogar foi Babu. O carro ligou, e ele foi classificado. Gizelly não conseguiu ligar e foi eliminada. Mari foi a quarta a concorrer e não conseguiu. Flay foi classificada.

Na etapa semifinal, Flay, Babu, Ivy e Thelma disputaram. Eram oito chaves e só duas ligavam o carro. Flayslane e Babu foram os mais sortudos.

Na final, o duelo ficou entre Babu e Flay. E quem ligou o carro foi Flay. Flay convidou Babu, Ivy e Mari para o Vip.

Agora, a formação do paredão será já nesta sexta-feira (3). Flayslane indicará um, a casa, outro, e o indicado poderá contra golpear e escolher seu adversário. O eliminado sairá já no domingo (5).

Quinta, 02 de Abril de 2020 - 19:50

Do turismo ao show, empresas de Salvador apertam os cintos após suspensão de eventos

por Jamile Amine / Ian Meneses

Do turismo ao show, empresas de Salvador apertam os cintos após suspensão de eventos
Foto: Planzo / Instagram / Reprodução

Para além do comércio diário de compras e vendas, de lojas no Centro da cidade fechadas e shoppings interditados, empresas ligadas a eventos de grande porte precisaram desacelerar ou até mesmo frear as atividades. Em meio à pandemia do novo coronavírus, marcas ligadas ao turismo, shows, cerimoniais, formaturas e equipamentos audiovisuais sentiram necessidade, sem alternativas, em readaptar seus funcionamentos, como também passaram a lidar com mais delicadeza em relação às obrigações trabalhistas e redução de lucros. 

 

Com escritórios na Bahia, São Paulo e Miami funcionando em home office desde antes das medidas restritivas de isolamento, a agência Zum Brasil já sente os impactos da pandemia. Em entrevista ao Bahia Notícias, a diretora de Marketing e Comunicação da empresa, Fernanda Zamaroni, destacou que o setor de turismo e eventos foi um dos primeiros a ser afetado e será um dos últimos a voltar à normalidade após o período crítico, visto que depende essencialmente da aglomeração de pessoas, que é o principal vetor de contágio do coronavírus.

 

“Num primeiro momento, quando isso começou a surgir, mesmo antes dos primeiros casos, alguns eventos nossos foram adiados. Antes de pedir quarentena, de fechar shoppings, já teve essa reação muito forte no nosso mercado”, revela Fernanda, explicando que a maioria dos eventos programados pela agência até o meio do ano e também os que ainda estavam em fase de produção foram prorrogados para o segundo semestre, a partir de outubro. “A gente não tem ainda a certeza se realmente em outubro, novembro e dezembro, o setor de eventos, que é um dos mais afetados, vai estar seguro para ter essa retomada ou se vai ter um novo adiamento para o ano que vem”, pondera, lembrando que alguns projetos da empresa já foram remanejados para 2021 e outros poucos cancelados.

 

Como, por ora, foram poucos cancelamentos, a diretora de Marketing e Comunicação diz ter esperança de uma retomada menos traumática. “Como foram adiados a gente tem a confiança de que essa receita vai entrar num segundo momento”, explica Fernanda Zamaroni, pontuando que pelo menos em sua empresa a crise tem sido administrada de forma equilibrada. “Não entra nada, nosso capital de giro não acontece, mas a gente também tem uma saúde financeira, um lastro, que nos resguarda nesses momentos difíceis”, diz a executiva. 

 

O equilíbrio nas contas e a solidez do empreendimento é também o que tem sustentado a Orttis Eventos, que há mais de três décadas atua no mercado de Salvador. “A empresa da gente, como é uma empresa antiga, tem 33 anos, está bem estruturada. Ela ocupa praticamente uma quadra no Rio Vermelho e [o imóvel] é próprio, então a gente não tem despesas de locação”, explica Paulo Cerezo Ortiz, proprietário do empreendimento, que agora conta com 50 dos 61 colaboradores em regime de home office. 

 

Assim como na Zum, a Orttis tem remanejado seus projetos para o segundo semestre, na esperança de que a pandemia tenha fim nos próximos meses. Os adiamentos, no entanto, comprometem a organização. “A gente teria 32 eventos para fazer agora no primeiro semestre. Eles serão transferidos para o segundo semestre, que tem mais 30. Então vai embolar. A gente está aqui correndo com marcações com os espaços”, detalha Paulo Ortiz. 

 

Além do problema na agenda, o empresário destaca ainda outro fator delicado: a folha de pagamento dos funcionários contratados. “A gente acabou de fazer uma reunião com a diretoria, sobre a normatização do governo, que é a possibilidade de dispensa dos funcionários e o governo pagar 70% por dois meses. Existem setores que são presenciais como o de estúdio, fotografia, fotos externas com os formandos, fotos no Pelourinho, esses setores a gente vai ter que realmente aplicar essas normatizações. Eu acredito que umas 15 pessoas a gente já vá colocar nesse programa que o governo lançou ontem”, explica, projetando uma retomada do trabalho em mais de 15 dias, com eventos a serem realizados a partir de 16 de junho.

 

Outro setor ainda mais sensível apontado por Paulo Ortiz é o dos terceirizados, que prestam serviços pontuais para a empresa. “Tem um dado bastante preocupante para a gente, porque eu diria que você tem uma gama de prestadores de serviços, quando se faz um grande show você tem o técnico de som, o técnico de luz, os montadores… Todos eles são freelancer. E eu recebi ontem um pedido de socorro”, diz o proprietário da empresa. “A gente está preparando aqui cestas básicas, já tem uma conta pra depósito, porque eles não se enquadram nos projetos do governo e estão passando, realmente, necessidade. é uma coisa bastante preocupante”, afirma.

 

Na Luzbel Tecnologia em Eventos, empresa baiana referência em customização de projetos audiovisuais, a situação é semelhante: um equilíbrio entre a boa saúde financeira da empresa e a preocupação pelo futuro incerto, inclusive dos prestadores de serviço. “As pessoas e as autoridades não vão tão cedo liberar aglomerações, então é um mercado que sentiu bastante mesmo. Sentiu e está sentindo os impactos dessa pandemia”, avalia Junior Luzbel, Diretor Comercial e de Projetos do empreendimento. 

 

Diante da crise e da incerteza, algumas medidas práticas já foram tomadas. “Em relação a nossa empresa, nós demos férias coletivas aos nossos funcionários CLTs. A partir de abril estão todos de férias coletivas, que é o tempo que a gente tem aí pra ver as iniciativas e os programas dos governos federais, estaduais e municipais”, explica Junior, lembrando que cadeia produtiva e poder público vêm negociando alternativas para minimizar o prejuízo com a paralisação das atividades. “Existe muita coisa acontecendo, tem a MP 927, tem o PL 676, que é o que está com ênfase em zerar o CSLL e o ISS. Tem algumas coisas acontecendo e nós estamos no aguardo”, elenca o diretor. “Além disso, nós temos os terceirizados, que é aquela mão-de-obra de MEI, chamados de freelancer, que em momentos de pico a gente tem que contratar para determinados eventos. Para esse pessoal a gente está adquirindo cestas básicas para doar acredito que em abril, maio e talvez junho. Elas são pessoas que não têm carteira assinada, vivem do cachê dos eventos, então, esses que prestam serviço à nossa empresa Luzbel, a gente está com essa iniciativa de doar cestas básicas”, acrescenta. 

 

Citando a dimensão do setor de eventos para a economia do país, que segundo ele corresponde a 10% e faz uma movimentação de R$ 900 bilhões anuais, Junior destaca que este mercado está “sofrendo muito” neste momento, sobretudo pelo fato de não existir uma previsão de retorno à normalidade. “Dos meses de março, abril e maio a gente teve, em média, mais de 20 eventos adiados. A gente espera que todos eles tenham sido de fato adiados e não cancelados, porque essa é aquela chama de esperança que fica. A retomada vai ser bem difícil, a gente precisa faturar, porque nossa empresa investe muito em tecnologia, em equipamentos caríssimos importados da Europa, dos Estados Unidos. A gente faz um investimento pesado e precisa trabalhar para faturar. A gente não está querendo demitir, a priori, mas estamos aguardando para ver qual é o quadro que se pinta”, conclui.

 

Com mais de 15 anos de história, a Salvador Produções, que tem como sócio Marcelo Brito,  precisou se readaptar assim que as medidas que impediam grandes aglomerações foram sancionadas. Responsável pela realização de eventos de grande porte e considerada líder do mercado de entretenimento na capital baiana, a empresa precisou cancelar dois grandes eventos, entre eles o “Forró das Antigas”, que aconteceria no dia 4 de abril, e também o “Modão Salvador”, programado inicialmente para o dia 9 de maio. Marcelo Brito destaca que diante da situação “toda a cadeia de músicos e equipes que fazem os shows acontecerem está parada” e que há, “infelizmente, um caos geral na música”. 

 

Além de comandar e estruturar os eventos, a Salvador Produções é responsável pelo gerenciamento e realização de shows de diversos artistas e bandas, entre eles Léo Santana, Parangolé e Forró do Tico. Com a impossibilidade de realizar tais encontros, Brito passou a adotar novas medidas como forma de garantir receita. “Temos duas estratégias que são as lives (transmissão pela internet) e a divulgação de marcas (merchan) de publicidade. Mas nada se compara às programações de shows mensais”, explicou o empresário, que destaca que os custos de transmissão não são baixos e que depende de cada patrocinador os valores arrecadados com as publicidades. 

Em edição da Vogue estrelada por Ivete, Xuxa revela bastidores de briga com cantora
Foto: Hick Duarte / Vogue / Reprodução

A cantora Ivete Sangalo aparecerá nas capas da nova edição da revista Vogue. De acordo com o blogueiro Hugo Gloss, na edição comemorativa de número 500, a artista baiana contará com os relatos da apresentadora Xuxa. Amiga de longa data, a rainha dos baixinhos relembrará do momento em que as duas se afastaram. 

 

“Nossa confiança se quebrou ali. Fiquei meses sem me aproximar dela. Quando nos reencontramos, Veveta me olhou fundo nos olhos e, com toda a pureza, pediu desculpas. Me desarmei e a abracei por longos minutos”, escreveu a apresentadora que assina a matéria. 

 

Xuxa ainda relembrou do primeiro contato pessoal entre as duas. O fato, que aconteceu quando Ivete ainda era vocalista da Banda Eva surpreende, quando a apresentadora revela que a cantora tinha um jeito de ser diferente do de hoje em dia. “Foi a partir dali que me aproximei daquela baiana carinhosa e tímida. Sim, acredite, Ivete já foi tímida um dia", declarou. 

 

Com duas versões de capas, sob as lentes do fotógrafo Hick Duarte, Ivete surge com diferentes expressões como uma mulher forte e poderosa e também como mulher meiga e sensível. A edição 500 da revista Vogue chegará às bancas na próxima sexta-feira (3). 

 

Confira:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Cheguei pra brilhar! Foi assim que nossa rainha Veveta posou pras fotos da 500ª edição da revista Vogue! Ela é podre de chique, garota de capa, amores! A matéria foi escrita por Xuxa, amiga de longa data da cantora. A rainha dos baixinhos lembrou do momento quando ambas se conheceram, ainda em tempos de Banda Eva. “Foi a partir dali que me aproximei daquela baiana carinhosa e tímida. Sim, acredite, Ivete já foi tímida um dia", declarou. A loira também detalhou momentos de desavenças e reconciliações da dupla. “Nossa confiança se quebrou ali. Fiquei meses sem me aproximar dela. Quando nos reencontramos, Veveta me olhou fundo nos olhos e, com toda a pureza, pediu desculpas. Me desarmei e a abracei por longos minutos”, revelou. E daí em diante foi só amor! A revista chega nas bancas amanhã (3). (????: @hickduarte )

Uma publicação compartilhada por Hugo Gloss (@hugogloss) em

BBB: Daniel questiona Prior por olhadas dentro da casa e pergunta se ship 'Priel' significa algo
Foto: Reprodução / TV Globo

Após sua eliminação do Big Brother Brasil 20, na última terça-feira (31) (clique aqui e saiba mais), Felipe Prior foi questionado sobre os olhares furtivos em cima de Daniel dentro da casa, durante sua participação em um bate-papo no Multishow, na madrugada desta quinta (2).

"Eu estava esperando tu sair pra perguntar o que eram aquelas olhadinhas nas festas. Eu cheguei aqui fora e nem sabia, nem notava, porque se eu soubesse de alguma coisa lá de dentro, se tu sente alguma coisa, eu iria falar contigo, porque é ruim a gente sentir alguma coisa por uma pessoa e não falar”, disse o gaúcho, por meio de um vídeo enviado ao programa. “Mas eu quero saber o que é esse negócio de Priel. Pra mim não é nada, eu saber pra ti o que significa isso, tá?”, questionou. 

 

Em sua defesa, Prior minimizou o ocorrido e frustrou as expectativas de alguns internautas que chegaram a “shipar” o casal, batizado de “Priel”, com a junção dos nomes dos ex-BBBs. “Cara, vamo lá. Pra mim não significa m nenhuma, 'pipipipi'. E talvez as olhadinhas pra ele eram pra ver se ele não ia fazer me... 'pipipi' nenhuma. Eu ficava meio de olho, que mer... que ele vai aprontar, entendeu?”, respondeu o arquiteto, tentando evitar os palavrões usando onomatopeias. 

 

Diante da resposta, a apresentadora Vivian Amorim perguntou se ele ficava de olho para tentar impedir que Daniel fizesse algo errado. “Mas me mostra onde eu ficava de olho, porque eu não sei…”, disse Prior. Bruno de Luca, então, falou que existem registro de alguns desses momentos. “Cara, tem uns vídeos, assim, que tem até trilha sonora romântica. Eles botam você em slow, você olhando pra ele. Ai depois acho que tu também tentou dar um selinho numa festa…”, lembrou o apresentador.

 

Mais uma vez, o arquiteto paulista minimizou as atitudes. "Mas não tenho problema em dar selinhos. Eu dei selinho no Pyong. Nós tá (sic) loucão e dá selinho nos amigos. Não tenho preconceito. Quer um selinho?", disse Prior, em tom de brincadeira. Vale lembrar que Pyong era um dos maiores adversários dele dentro da casa e Daniel um grande desafeto.  

 

Anitta e namorado têm resultado negativo para Covid-19 e aproveitam isolamento em Angra
Cantora fez testes após visitar Ilhas Maldivas | Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Anitta, 27, e o namorado, o empresário Gabriel David, fizeram o teste para confirmar se contraíram o novo coronavírus e tiveram o resultado negativo. A decisão de fazer o exame foi por que os dois estiveram de férias nas Ilhas Maldivas no início do mês de março.

Assim que fizeram o teste, Anitta e Gabriel seguiram direto para Angra dos Reis, na costa verde do Rio de Janeiro, onde estão aproveitando um período juntos durante o isolamento contra a Covid-19. Eles estão na casa dos pais de Gabriel, que é filho do presidente da escola de samba Beija-Flor

A cantora, que vinha mantendo seu relacionamento em segredo, confirmou o namoro na semana passada, durante uma live com a influenciadora digital Camila Coutinho. "Vim para casa do meu namorado em Angra. Ele também mora com os pais, que são mais velhos e estão sozinhos em casa."

Na conversa, ela disse ainda que ficou triste por ter de cancelar sua festa de aniversário por causa da pandemia do novo coronavírus. Conhecida por grandes celebrações, a deste ano teria como tema "Anitta no Espaço". Sua comemoração, no entanto, acabou incluindo um parabéns de Mariah Carey.

Nesta quarta (1º), Anitta deverá participar de um live comandada por Miley Cyrus. A cantora americana criou um programa e vem apresentado-o de sua casa desde o início do isolamento. Nesta quarta, ela "receberá", além de Anitta, a pintora Ashley Longshore, a atriz Zoe Kravitz e o DJ Diplo.

Leo Santana é criticado por condicionar doação de cestas básicas a acessos em sua live
Foto: Reprodução / Facebook

Em meio à pandemia do coronavírus, artistas, celebridades e alguns empresários têm demonstrado solidariedade por meio de ajuda financeira ou doações de equipamentos hospitalares, alimentos ou itens de higiene pessoal. 

Em um storie, nesta quarta-feira (1º), Leo Santana decidiu também fazer filantropia, mas foi criticado por vincular suas doações aos acessos à sua live, programada para esta sexta-feira (3). "A cada 10 mil pessoas que entrarem na live eu estarei doando 10 cestas básicas para comunidades de Salvador, especificamente a minha, a Boa Vista do Lobato”, disse o cantor, convidando os fãs para assistirem sua transmissão.

 

A reação do público foi imediata. “O Léo Santana dizendo que vai doar 10 cestas básicas a cada 10 mil pessoas que entrarem na live dele é a coisa mais nojenta que vocês verão hoje”, disse um seguidor no Twitter. “O Léo Santana prometendo doar 10 cestas básicas a cada 10 mil pessoas que tivessem na live que ele vai fazer foi o auge do desespero por atenção nessa quarentena”, disse outra. “O cara quer usar de uma pandemia pra se promover e ainda doando 10 cestas? A cada 10k views?”, questionou um terceiro.

 

Após receber uma enxurrada de críticas ele tentou se retratar. “É o seguinte, não serão 10 cestas básicas doadas, seria muito injusto da minha parte, até meio burrice usar minha rede social pra simplesmente divulgar 10 cestas básicas, como as pessoas interpretaram. Ou eu mesmo também peço desculpa se me expressei de forma errada”, disse o artista baiano. “Independente disso, eu já vou fazer minha doação, uma parte minha, do meu coração. E se vocês quiserem ajudar e eu sei que vão ajudar, quanto mais pessoas assistirem minha live, mais alimento eu vou tá doando”, acrescentou, afirmando que seus fãs serão doadores indiretos e estarão ajudando várias famílias. Léo Santana disse ainda que já faz outras ações de caridade e que não divulga todas as doações que faz.

 

Em uma outra parte de sua retratação, que ele acabou apagando, ele faz um adendo que também gerou novas críticas. “Nenhum ser humano, independente de estrutura financeira boa ou ruim, nenhum ser humano tem obrigação nenhuma de ajudar ninguém”, argumentou o músico.

Quarta, 01 de Abril de 2020 - 19:56

Produtores de Salvador pedem isenção de taxas e impostos devido a crise da Covid-19

por Jamile Amine / Ian Meneses

Produtores de Salvador pedem isenção de taxas e impostos devido a crise da Covid-19
Foto: Josy Garcia / Divulgação

Diante da pandemia do novo coronavírus e do impacto no comércio de entretenimento em Salvador, foi lançada nas redes sociais, nesta quarta-feira (1°), a campanha #IsentaCulturaACMNeto.

O movimento, organizado por dezoito empresas ligadas ao setor cultural e associadas através da Produtora.BA, busca pressionar os orgãos públicos municipais a partir de uma série de medidas. Tais propostas foram elencadas em um documento, que foi enviado ao Palácio Tomé de Sousa no último dia 25 de março.

Artistas, técnicos, casas de show, espaços gastronômicos, produtores, empresas de produção e fornecedores sugerem negociações para a isenção de impostos e taxas, suporte estrutural, além da criação de linhas de créditos e renda básica emergencial. 


No documento, a associação argumenta que “um dos primeiros e principais setores atingidos é o da cultura e economia criativa, entre eles o setor de eventos musicais, cuja atividade central envolve a reunião de centenas ou milhares de pessoas”. 

Além disso, os empresários afirmam que a “paralisação total das atividades desses agentes gera instabilidade econômica para um setor que é estruturalmente marcado pela informalidade das relações profissionais, pela sazonalidade e que tem sofrido com reduções de recursos do governo federal”. 

Nas propostas elencadas pelo grupo, estão a isenção integral do TVL e TFF 2020, alteração da Lei de Incentivo Viva Cultura, com abatimento de 100% de isenção do ISS e IPTU do valor patrocinado, liberação das taxas de licenciamento, entre elas, Semop, Limpurb, Transalvador, Sucom e Sedur dos festivais de pequeno e médio porte, liberação da taxa sonora, cessão de pauta gratuita nos equipamentos culturais da Prefeitura de Salvador, entre outros. 

Sócio da empresa Al Dente Produções e gestor cultural há mais de 25 anos, Anderson Rosemberg, conhecido como Dentinho, informou que os três colaboradores da produtora estão trabalhando de home office. Além disso, ele e seus sócios estão tentando planejar a agenda para o segundo semestre, diante do cancelamento de seis eventos que eles deixaram de faturar cerca de R$ 450 mil. 

Questionado sobre qual medida é mais necessária no momento, Dentinho acredita ser fundamental negociar os impostos que eles teriam que pagar agora, como TFF, TVL e IPTU. “Deve-se pensar urgentemente numa ajuda financeira para trabalhadores dessas áreas, para o pessoal que é MEI. Pensar formatos de incentivos culturais para ajudar as empresas e empreendedores do mercado da economia criativa, que com certeza gera trabalho e renda para um número expressivo de pessoas no mercado de trabalho e movimenta mais de R$ 150 milhões na economia de Salvador”, acredita. 

Para Fernanda Félix, uma das sócias do ambiente colaborativo de produtividade, arte e gastronomia Tropos Co., após um estudo projetado até o segundo semestre, ela não vê como o cenário se segurar sem apoios mais concretos. 

“Os bancos continuam a cobrar juros e com carência que vence antes da superação da crise; o governo propõe emprestar dinheiro para pagar funcionários e isso nos levará a uma bola de neve; a proposta de aluguel também será para pagar mais a frente e não isentar. Os impostos também são adiados mas não são isentados. Se não há entrada financeira alguma, como que setor de eventos e espaços culturais irá suportar?”, questiona. 

Ela também argumenta os espaços culturais foram “os primeiros a serem afetados com o fim da aglomeração” e que eles serão os “últimos a saírem da crise”. “Concordamos com o isolamento, porém acredito que é preciso que medidas, inéditas, sejam tomadas. Isenções e créditos para que possamos manter nossos CNPJs, os espaços e os empregos”, completou. 

Além da Al Dente Produções e a Tropos Co., vale destacar que também assinaram o documento as empresas Aláfia Produções e Eventos, Baluart Projetos Culturais, Commons Studio Bar, Dimenti Produções Culturais, Edmilia Barros Produção e Mídias Social, Giro Planejamento Cultural, Ilimitado - Promoção e Cultura, Inspire Music, Isé Música Criativa, LB Produção, Lálá Casa De Arte, Maré Produções Culturais, Multi Planejamento Cultural, Ruffo Marketing, Cultura e Arte, Tropicasa Produções Artísticas e Culturais e, por fim, Velho Espanha. 

A Produtores.BA também informou que irá enviar, nesta quinta-feira (2), um documento similar para o âmbito estadual. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A pandemia do COVID-19 tem trazido desafios sem precedentes a todos os setores da sociedade nas últimas semanas. Um dos primeiros e principais atingidos é o setor da cultura e economia criativa, entre eles o de eventos musicais. A Associação Produtores.BA, da qual fazemos parte, está apresentando ao poder público diversas propostas para minimizar as dificuldades do setor e os prejuízos da cadeia produtiva da música, cujos inúmeros profissionais envolvidos estão impossibilitados de exercer suas atividades. Aguardamos retorno, e contamos com o seu apoio nesta causa! Compartilhe. ???? #isentaculturaacmneto #ficaemcasa #culturaparadadesemprega #fiqueemcasa #bahiacontraocoronavirus

Uma publicação compartilhada por produtores.bahia@gmail.com (@produtores.ba) em

No ar em 'Fina Estampa', Bianca Salgueiro prioriza estudos e não pensa voltar ao Brasil
Foto: Reprodução / Instagram

Contracenando com Arlete Salles e Tania Khalill na reprise compacta de “Fina Estampa”, Bianca Salgueiro vê a profissão de atriz ficar cada vez mais distante. Morando desde 2016 na Europa, a jovem de 26 anos decidiu se dedicar aos estudos na área da Engenharia Mecânica. 

 

Segundo o portal Extra, a decisão de Salgueiro em parar de atuar e trocar a TV pela engenharia não foi fácil. Morando atualmente em Madrid, na Espanha, ela viveu anteriormente por três anos França. Por lá, ela tentou deixar a “vontade de atuar adormecida” e procurou não não pensar sobre o assunto para aproveitar o momento. 

 

Tendo oportunidade de rever agora o seu trabalho na televisão realizado originalmente em 2011, Bianca confessa que reavivou desejos, mas prioriza seus atuais objetivos. "Me vendo agora na TV, fiquei com muita saudade de atuar. Mas morar no exterior sempre foi o maior sonho da minha vida, desde criança”, disse. 

 

Com passagem em dois países do velho continente, a atriz e engenheira mecânica pretende, em breve, morar na Suíça. Considerando que a sua “vida está na Europa”, ela pretende “a curto prazo” colocar a vida no Brasil em segundo plano, admitindo que não pensa em viver no Brasil por agora. 

Maju Coutinho e família de Thelma estudam processar ex-diretor acusado de racismo
Foto: Montagem / Reprodução / Instagram

Maju Coutinho, apresentadora do “Jornal Hoje” e familiares de Thelma, do “Big Brother Brasil 20”, estudam entrar com medidas jurídicas contra o ex-diretor de TV Rodrigo Branco. Após participar de uma live com a influencer Ju de Paulla, Branco foi acusado de racismo por comentários sobre a jornalista e a médica (relembre aqui). 

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do O Dia, Maju já vem conversando com seus advogados para entrar com um processo. No perfil de Thelma no Instagram, há uma postagem com um fundo preto e a frase “O seu silêncio é racismo”.

Posteriormente a repercussão negativa das declarações, o próprio Rodrigo se pronunciou nas redes sociais. Na gravação, ele reconheceu que falou “um monte de merda” e que foi “totalmente racista” (relembre aqui). Artistas como Preta Gil, amiga de Branco, Fernanda Paes Leme e a ex-BBB Gleice Damasceno repudiaram as falas do ex-diretor de TV (relembre aqui). 

Com 'dor surreal', jornalista Dony de Nuccio passa por cirurgia emergencial na coluna
Foto: Reprodução / Instagram

Ex-apresentador do “Jornal Hoje”, o jornalista Dony De Nuccio precisou dar uma pausa nos trabalhos para ser submetido a uma cirurgia emergencial na coluna. Ao dar satisfações de seu sumiço nas redes sociais, ele contou que o procedimento foi feito na terça-feira (31), após não suportar mais “uma dor surreal na região lombar”, que irradiava do lado esquerdo até a coxa. 

 

Segundo o De Nuccio, ele ficou “sem conseguir andar direito, acordando de madrugada, tomando altíssimas doses de analgésico sem resposta e com um quadro se deteriorando a cada dia”. A situação enfrentada chegou a um ponto em que ficou inviável para ele seguir com a rotina e a própria vida. 

 

“O diagnóstico apontou uma hérnia de disco lombar posterolateral grande e extrusa, na região de L5-S1. A operação foi uma discectomia para retirada desse conteúdo do disco intervertebral (núcleo pulposo) que havia se deslocado e rompido, comprimindo os nervos (raízes lombares e saco dural) e gerando de 0 a 10 uma dor de nota 9+ o dia inteiro”, explicou. 

 

Dony também informou que seguirá internado e justificou o período no hospital para recuperação pós-cirúrgica. “A operação foi bem-sucedida e possivelmente amanhã volto para casa”, completou. 

 

Apesar de já estar trabalhando remotamente para a sua produtora, ele ficará um período afastado do programa “Conta +”, do portal InvestNews BR. Em seu lugar, durante esse intervalo, o economista Samy Dana estará a frente do comando da atração. 

 

Confira: 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Amigos e amigas, venho aqui compartilhar a razão do meu rápido sumiço das redes sociais. Tive que passar ontem por uma cirurgia emergencial na coluna. Estava há um mês com uma dor surreal na região lombar (e irradiada para o lado esquerdo até a coxa), sem conseguir andar direito, acordando de madrugada, tomando altíssimas doses de analgésico sem resposta e com um quadro se deteriorando a cada dia. Operei quando de fato a dor atingiu o ponto do insuportável, tornando os movimentos, a rotina e a vida inviabilizados. O diagnóstico apontou uma hérnia de disco lombar posterolateral grande e extrusa, na região de L5-S1. A operação foi uma discectomia para retirada desse conteúdo do disco intervertebral (núcleo pulposo) que havia se deslocado e rompido, comprimindo os nervos (raizes lombares e saco dural) e gerando de 0 a 10 uma dor de nota 9+ o dia inteiro. Sigo internado, mas apenas para recuperação pós-cirúrgica. A operação foi bem-sucedida e possivelmente amanhã volto para casa. O programa Conta+ que apresento diariamente 19h30 no @investnewsbr está nas ótimas mãos do amigo e genial @samydanaoficial. E continuo (como mostra a segunda foto ????????) remotamente trabalhando de forma intensa na @primetalkoficial, minha produtora que além de trabalhos corporativos incríveis, desenvolveu os melhores cursos online que eu já vi: aulas com conteúdo de ponta e qualidade de cinema. Obrigado pelo carinho e pelas mensagens. É pensando em vcs que trabalho intensamente, dia e noite, para criar nas diversas frentes em que atuo conteúdos de altíssimo valor agregado e que contribuam para mudar pra melhor a vida das pessoas. ????

Uma publicação compartilhada por Dony De Nuccio (@donydenuccio) em

Quarta, 01 de Abril de 2020 - 13:30

Miley Cyrus convida Anitta para participar de transmissão ao vivo nesta quarta 

por Jamile Amine

Miley Cyrus convida Anitta para participar de transmissão ao vivo nesta quarta 
Fotos: Reprodução / Instagram

A brasileira Anitta é uma das convidadas de Miley Cyrus para uma transmissão ao vivo, nesta segunda-feira (1º), no Instagram. 

 

A cantora pop anunciou na terça-feira (31) a lista de artistas chamados por ela para participar do próximo Bright Minded, programa idealizado por ela para entreter os fãs durante o isolamento social ocasionado pela pandemia do coronavírus.

 

Além de Anitta, desta vez participam também da live a pintora Ashley Longshore, a atriz Zoe Kravitz e o DJ Diplo. Em edições anteriores Miley recebeu nomes como Alicia Keys, Millie Bobby Brown, Dua Lipa, Hllary Duff,  Zion Clark, Selma Blair, Paris Hilton e Ellen Degeneres.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Tomorrow! April Fools episode with @ashleylongshoreart @zoeisabellakravitz @diplo @anitta

Uma publicação compartilhada por Miley Cyrus (@mileycyrus) em

Rádios de Salvador se unem em movimento solidário para ouvintes e empresários
Foto: Divulgação

Formado por Bahia FM, GFM 90,1, Jovem Pan, Band News FM, Rádio Sociedade, Rádio Globo, Piatã FM e Itapoan FM, o movimento "Rádios Solidárias" promove uma corrente para ajudar a população, ouvintes, profissionais autônomos, microempresários e dos anunciantes.  

 

As ações, que serão promovidas ao longo dos dias pelas emissoras, têm como objetivo trazer uma ideia de solidariedade e de união diante da crise instaurada em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

Duas ações iniciais marcam o início do movimento: às 12 e às 18h, todas as rádios envolvidas tocam o clássico “Amanhã”, de Guilherme Arantes, , com interpretação do baiano Caetano Veloso. O objetivo de levar uma mensagem de esperança.

 

O outro projeto, cujo nome é ‘Vendendo Meu Peixe’, idealizado pela Piatã FM, é voltada para os profissionais autônomos e todo o mercado anunciante em geral. As emissoras irão transmitir mensagens dos próprios empresários, em que eles irão dizer qual serviço ou produto estão oferecendo e os meios de contato. A divulgação é gratuita e vai rodar em todas as rádios envolvidas. Durante toda a programação, serão divulgadas mensagens de empresários anunciantes.

 

A gente entende a importância que a rádio representa na vida das pessoas e consideramos que, neste momento, precisamos nos unir em uma ação conjunta para passar uma palavra de esperança e de coragem. Quando tudo passar, seremos mais fortes enquanto profissionais, empresas e seres humanos”, diz o gerente executivo da área de entretenimento da Rede Bahia, Luís Moreira.

 

Para saber mais sobre o movimento acompanhe o perfil @radiossolidarias ou entre em contato através do e-mail movimento radiossolidarias@gmail.com.

Bahia Notícias ultrapassa marca de 11,3 milhões de visitantes em um mês
Foto: Reprodução/ .IO

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a busca por informações corretas sobre a crise da Covid-19 impulsionou os acessos no Bahia Notícias no mês de março. Dados obtidos por ferramentas de mensuração de acessos como Google Analytics e IO Technologies apontam que o site ultrapassou a marca de 11,3 milhões de acessos nos 31 dias de março. No total, foram 19,2 milhões de páginas visualizadas no mesmo período, um recorde para o Bahia Notícias em um mês.

 

“O número de acessos mostra que o site é uma referência para obter notícias corretas em tempos de muitas informações circulando sem a correta verificação. O processo de apuração dos repórteres é um dos pontos fortes no combate ao compartilhamento de notícias falsas, como temos visto com frequência nas redes sociais”, ressalta o sócio-diretor, Ricardo Luzbel.

 

A maioria dos acessos foi do Brasil, porém visitantes de países como Estados Unidos, Portugal, Argentina, Noruega e Itália acompanharam a evolução da pandemia do novo coronavírus em território brasileiro utilizando o Bahia Notícias. Foram mais de 140 mil visitantes apenas desses cinco países. Detalhando os acessos no Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul concentravam os visitantes de fora da Bahia ao site. Somente os paulistas foram responsáveis por 1,2 milhão de sessões no portal.

 

A matéria do repórter Lucas Arraz, que trouxe a público a vinda para Trancoso do presidente do Grupo CVPAR, Cláudio Henrique do Vale Vieira, já com a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus. A chegada dele ao município Porto Seguro levou as primeiras confirmações da Covid-19 no extremo sul baiano. Apenas essa notícia teve mais de 1,3 milhão de acessos, conforme relatórios das ferramentas de análise.

 

REDES SOCIAIS

Os números das redes sociais no mês de março também impressionam. No Facebook, foram mais de 4,9 milhões de pessoas alcançadas no período, com publicações com grande repercussão. Foram mais de 2 milhões de reações e 303 mil compartilhamentos no período.

 

A cobertura no Twitter, que contou com uso de vídeos e áudios, trouxe alguns recordes. Uma postagem da manifestação contra o isolamento social no último dia 29 foi visualizada 618,6 mil vezes. No total, foram 4,74 milhões de impressões dos tweets do Bahia Notícias e mais de 10,3 mil menções ao perfil do site na rede social.

 

No Instagram, as publicações no feed alcançaram mais de 1,4 milhão de pessoas, enquanto os stories geraram mais de 167 mil visualizações no mês de março.

Artistas repudiam falas racistas de Rodrigo Branco; amiga, Preta Gil não o defende 
Amiga, Preta diz que empresário deve ser responsabilizado | Foto: Divulgação

Diversos artistas e celebridades usaram as redes sociais para expressar indignação após as declarações racistas do ex-diretor de TV e empresário Rodrigo Branco a respeito da jornalista Maju Coutinho e de Thelma, do BBB 20 (clique aqui e saiba mais).

 

“Sujeito, escute!... Horrível é falar pelos cotovelos e se achar melhor que outra pessoa, seja qual for sua cor ou gênero. Pra mim você faz tão mal a humanidade quanto esse vírus que estamos enfrentando. Guarde suas desculpas de internet pra si mesmo. Vai precisar delas quando se olhar no espelho. O mal que causou não tem volta”, escreveu Elza Soares. “Não podemos mais tolerar esse discurso e acharmos que ‘fica tudo acertado’ com um pedido de desculpas. Ahh... Pra você que alimenta amizade com um sujeito desses, que utiliza os serviços do guia turístico que se autointitula ‘Prefeito de Orlando’, saiba... diga-me com quem andas e te direi quem és!”, acrescentou a cantora.

 

A ex-BBB Gleice Damasceno também comentou o episódio. “‘Não basta não ser racista, é preciso ser antirracista!’. A frase Angela Davis é fundamental para entender quem são os aliados no debate racial. O antropólogo Kabenguele Munanga classificou o racismo como ‘o crime perfeito’. Quem discrimina sai ileso e os negros continuam precisando se pronunciar a cada novo episódio. Estamos todos com medo do coronavírus, mas o racismo cotidiano não entra em quarentena”, escreveu, lembrando que após episódios de racismo é comum as pessoas negras serem cobradas a responder pelo preconceito que sofrem, mas que é preciso romper a omissão de outros setores da sociedade. ?”Enquanto isso, o silêncio dos supostos aliados também nos assassina. Ser antirracista é chamar a responsabilidade pra si e convocar seus pares para enfrentarem juntos o projeto de extermínio que se alastra há mais de 500 anos”, acrescentou Gleice.?

 

A atriz e apresentadora Fernanda Paes Leme também manifestou sua indignação: “Racismo é Crime! Ao racista a LEI!”. Em suas redes, Otaviano Costa criticou as declarações do empresário e a omissão dos que se calaram diante do ocorrido. “RACISMO É CRIME! Quem se cala pela cor, consente pela pele!”, escreveu o apresentador. "O seu silêncio é racismo", destacou.

 

Amiga de Rodrigo Branco, Preta Gil comentou o incidente e afirmou que não poderia e nem queria defender o empresário, mas destacou que não considera correto cobrar de alguém pelos erros de terceiros. “Quando você tem um amigo há 20 anos e de uma hora pra outra numa live ele demonstra um pensamento que você nunca tinha escutado ele dizer e que fere totalmente a mim e aos meus, o que fazer? Primeiro de tudo veio o susto e depois a descrença, 'não estou acreditando no que tô vendo’, comecei a chorar de tristeza”, contou a cantora, em comunicado no Instagram. “Peguei meu telefone e chamei esse amigo no WhatsApp e falei exatamente como estava me sentindo e disse 'não poderei e não quero te defender', por isso estou aqui escrevendo. Eu não tolero nem de amigo nem de ninguém essa violência. Racismo é crime e ignorância histórica intelectual, hoje em dia, vindo de um homem branco e rico, é inaceitável”, acrescentou, ponderando que “ninguém deve ser cobrado por um ato de outra pessoa”. Preta Gil disse ainda que o que Rodrigo fez é “muito grave” e desejou que ele assuma e “pague as consequências dos seus atos”. 

Histórico de Conteúdo