Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 02 de Julho de 2022 - 13:25

ACM Neto ironiza eventual ofuscamento de candidatos com presença de presidenciáveis

por Gabriel Lopes / Fernando Duarte

ACM Neto ironiza eventual ofuscamento de candidatos com presença de presidenciáveis
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

“Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo. E todo mundo me quer bem. Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo. E todo mundo é meu também”. O trecho de “Já sei namorar”, de Os Tribalistas, cabe bem ao momento político do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil) em relação à disputa presidencial. Tanto é que, com a presença de cinco presidenciáveis na capital baiana nas celebrações da Independência da Bahia, o pré-candidato ao governo preferiu ironizar as atenções e holofotes voltados para os nomes que disputam o Palácio do Planalto.

 

“[O ofuscamento] Só se foi de quem está do lado de algum presidenciável como padrinho. Estou aqui com o povo da Bahia e o povo da Bahia está comigo”, despistou ACM Neto, em uma provocação implícita aos adversários Jerônimo Rodrigues, apoiado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que caminhou um trecho do cortejo do Dois de Julho, e João Roma, que esteve em uma motociata com o presidente Jair Bolsonaro em uma área distante do circuito entre o Largo da Lapinha e a Praça Municipal.

 

TERMÔMETRO

O hiato de dois anos da participação popular no Dois de Julho foi ressaltado pelo ex-prefeito de Salvador. No último dele à frente do Palácio Thomé de Souza, em 2020, a festa foi suspensa em virtude da pandemia da Covid-19. “Depois da pandemia essa é a primeira grande manifestação popular da Bahia nas ruas. Com certeza, é motivo de muita emoção, a gente estar aqui hoje. Sentimos falta desse contato, tão amplo, tão democrático”, avaliou. “É um termômetro, não há dúvida”, completou.

 

ACM Neto ainda brincou com a indicação para a vaga de vice na sua chapa para a corrida ao governo baiano. Questionado se o vice estaria ao seu lado durante o cortejo, ele relativizou: “Pera aí que preciso fazer conta...”.  

Histórico de Conteúdo