Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ampliação do Salvador Social é foco de visita de integrantes do Banco Mundial
Fotos: Vitor Santos/Sempre

Integrantes do Banco Mundial (Bird) estiveram na Prefeitura de Salvador esta semana, com o objetivo de ampliar ações do projeto Salvador Social, que prevê o investimento de US$250 milhões para as áreas de Assistência Social, Saúde e Educação. Na segunda-feira (13), a comitiva conheceu a sede do Cadastro Único (CadÚnico), no Comércio, e todo o trabalho de assistência social realizado pela Secretaria de Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre).  

 

Na última terça-feira (14), foi a vez de conferir a estrutura do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Federação, também administrado pela Sempre, um dos 16 entregues desde 2019 totalmente estruturado para a população soteropolitana.  “Até o final deste ano, 17 Cras estarão completamente reformados e funcionando de forma plena, de acordo com padrão preconizado pelo Ministério da Cidadania”, frisou o secretário da Sempre, Daniel Ribeiro. 

 

Também foi realizada uma Oficina de Prevenção e Enfrentamento à Violência Baseada em Gênero, com apresentação dos principais resultados obtidos a partir das ações realizadas pela Sempre em parceria com o Banco Mundial e a Promundo, a exemplo do projeto pioneiro de prevenção de gênero no Sistema Único de Assistência Social (Suas). De acordo com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), o índice é de 1,3 mulher agredida por hora em Salvador.  

 

“O evento trouxe um amplo debate sobre o tema e propostas a serem desenvolvidas para maior impacto e coordenação intersetorial na capital baiana. Já entramos na segunda etapa do projeto, que é voltada para qualificação dos serviços, através do CadÚnico e dos novos Cras, por exemplo. Temos buscado a cada dia fazer um trabalho de excelência com as pessoas em situação de vulnerabilidade, buscando tanto resguardar seus direitos quanto acolher quando já passaram por uma situação de violação”, concluiu Ribeiro. 

 

A iniciativa de impacto social da gestão municipal para modernizar e melhorar a qualidade e o acesso aos serviços de Saúde, Educação e Assistência Social da história da cidade, o Salvador Social possui financiamento do Banco Mundial. Está integrado ao Plano Estratégico de Salvador, com a implementação de para aprimorar a prestação de serviços sociais, com ênfase em melhorias na eficiência do sistema de Saúde, na qualidade da Educação e na efetividade da Proteção Social.  

 

O projeto também pretende prestar assistência técnica às secretarias municipais responsáveis pelo cumprimento das metas acordadas e à Casa Civil, na coordenação e liderança da política e gestão transversais da administração municipal. Coordenado pela Casa Civil, com o apoio da Unidade de Gerenciamento de Projeto (UGP), o Salvador Social é executado pelas secretarias de Saúde (SMS), de Educação (Smed), e de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre).

Histórico de Conteúdo