Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 25 de Março de 2022 - 18:07

Cúpula do União Brasil na Bahia já dá como certa ida do MDB para base petista

por Mauricio Leiro

Cúpula do União Brasil na Bahia já dá como certa ida do MDB para base petista
Foto: Valter Pontes/ Agecom

O MDB na Bahia não deve apoiar a candidatura do ex-prefeito ACM Neto (UB). Integrantes da pré-campanha do ex-prefeito ao governo estadual revelaram ao Bahia Notícias, nesta sexta-feira (25), que o apoio à base petista já é dado como certo para reforçar a candidatura de Jerônimo Rodrigues ao Palácio de Ondina.  

 

"Estão quase fechados lá", aponta uma das lideranças procuradas pelo BN. De volta a base de apoio do PT, o MDB pode retornar ao grupo após quase 14 anos. Apesar do indicativo das lideranças ao redor do pré-candidato ACM Neto, o partido ainda não indicou um comunicado final sobre o posicionamento da legenda. 

 

Mesmo indicando que o futuro do partido ainda não está selado (reveja aqui), alguns sinais demonstram o contrário. O ex-secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, comemorou seu 55º aniversário nesta sexta-feira (25) e, nas redes sociais, resolveu publicar fotos com alguns amigos. Em uma dessas imagens, o médico aparece ao lado dos ex-deputados federais Lúcio Vieira Lima (MDB) e Joseph Bandeira, em frente a um bolo com uma flâmula do partido (relembre aqui). 

 

Vilas-Boas busca uma sigla para abrigar sua candidatura a deputado federal nas eleições de outubro. O MDB é um dos partidos que negociam com o ex-secretário desde o ano passado. Apesar disso, o ex-secretário de Saúde já ressaltou que estaria ao lado do governador Rui Costa (PT) nas eleições.

 

Outro fator que pode ter impactado na relação e criado algumas rusgas entre o União Brasil e o MDB foram as movimentações partidárias na montagem das chapas proporcionais para eleições. O União estaria assediando alguns vereadores do MDB, em cidades baianas (veja mais). 

Histórico de Conteúdo