Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Arthur Virgílio vê espaço para PSDB na terceira via se partido tiver ‘habilidade’ correta
Foto: Divulgação

Arthur Virgílio, candidato nas prévias do PSDB ao lado de João Doria e Eduardo Leite, acredita que se o partido tiver habilidade de negociar e se aliar a “forças válidas” pode prosperar como terceira via nas eleições presidenciais em 2022. A afirmação foi feita em resposta a um questionamento sobre a polarização entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido), feito durante passagem do político por Salvador, neste domingo (14).

 

“Agora se cada um cair na vaidade de que ‘tem que ser eu', aí vai estragar e acabaria dando um dos dois mesmo, e no caso eu acho que seria mais Lula mesmo”, analisou Arthur Virgílio sobre a estratégia e a necessidade de união entre as “forças válidas”.

 

A leitura do tucano é de que, quando se analisa o cenário político brasileiro e os dados de rejeição e aceitação de Lula e Bolsonaro, o que se identifica é que “tem espaço para entrar em cena uma coisa nova”.

 

“Quando a gente pesquisa hoje rejeição do Lula é alta, a do Bolsonaro altíssima, aceitação do Lula é alta, a do Bolsonaro não é tão alta. Então a gente faz essa conta de rejeição e aceitação e vê que há uma brecha para nós entrarmos”, argumentou.

 

Ainda segundo Arthur Virgílio, caso o PSDB não prospere como o planejado em 2022, o partido vai ao menos ter “pavimentado o caminho para na outra não ter quem segure”. “Tem que construir um futuro brilhante como foi o passado”, acrescentou.

Histórico de Conteúdo