Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Prefeitura apresenta Programa de Retomada do Setor Cultural na Câmara de Salvador
Foto: Valdemiro Lopes

A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), apresentou, nesta terça-feira (21), na Câmara de vereadores, o Projeto de Lei do Executivo que institui o Programa de Retomada do Setor Cultural do Município de Salvador (Procultura Salvador). A gestão aponta que o PLE 306/2021 tem objetivo de estimular o desenvolvimento econômico do setor, afetado pela pandemia do novo coronavírus.

 

Além disso, a proposta também altera, acrescenta e revoga dispositivos que dizem respeito ao Código Tributário e de Rendas do Município do Salvador (CTRMS).

 

O PLE nº 306/2021 trata da retomada de eventos do setor cultural e, ainda, da redução de 3% para 2% do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) das festividades culturais, festas, espetáculos, desfiles de blocos carnavalescos ou folclóricos, camarotes, trios elétricos, shows, ballet, danças, desfiles, bailes, teatros, óperas, concertos, recitais, festivais e congêneres. O projeto traz também a isenção das taxas de vigilância sanitária nos serviços que dizem respeito a esses eventos, até 31 de dezembro de 2022, apesar da obrigatoriedade do cumprimento das normas sanitárias.

 

Serão reduzidas, ainda, as taxas cobradas aos ambulantes de Salvador. As taxas de 2020 e 2021 não serão repassadas para esta categoria. Contudo, os trabalhadores devem realizar o recadastramento junto à prefeitura.

 

REUNIÃO CONJUNTA

O presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), realizou uma convocação extraordinária para uma discussão do Procultura. O encontro ocorre às 10h desta quarta-feira (22) (leia mais aqui).

 

 

A informação foi publicada na edição desta terça-feira (21) do Diário Oficial do Legislativo. Foram convocadas as comissões permanentes para discussão - e Constituição e Justiça, Finanças, Orçamento e Fiscalização, e Cultura.

Histórico de Conteúdo