Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 18 de Setembro de 2021 - 10:20

Vilas-Boas conversa com partidos para pavimentar candidatura à Câmara em 2022

por Lula Bonfim

Vilas-Boas conversa com partidos para pavimentar candidatura à Câmara em 2022
Foto: Bahia Notícias

O ex-titular da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), Fábio Vilas-Boas, tem circulado pelo interior do estado, na tentativa de pavimentar sua candidatura a deputado federal em 2022. O médico cardiologista ainda não está filiado a nenhum partido, mas tem conversado com algumas siglas antes de tomar a decisão, que deve ocorrer a partir de outubro.

 

“Eu estou circulando, ouvindo, sondando as regiões. Como dizem, ouvindo as bases”, disse Vilas-Boas, em entrevista ao Bahia Notícias neste sábado (18).

 

Vilas-Boas inclusive esteve presente em um evento realizado pelo governo do estado na última quinta-feira (16), em Camacan, no sul da Bahia. O governador Rui Costa (PT) chegou a saudar o ex-secretário durante seu discurso. De acordo com o gestor petista, o cardiologista está mais solto e mais leve desde que deixou a pasta.

 

“Eu já vi que ele está caminhando bastante aqui na região sul. Todo dia eu vejo uma postagem dele diferente, com prefeito, com ex-prefeito. O negócio está bom. Agora, com mais tempo, ele está livre, leve e solto, sorridente”, disse Rui, em tom bem-humorado, antes de agradecer a ajuda de Vilas-Boas no enfrentamento à Covid.

 

O partido ainda não foi escolhido pelo ex-secretário. Segundo ele, há conversas com algumas legendas. A maioria deles fincados na base aliada do governador Rui Costa.

 

“Eu já conversei com vários partidos. Com o PT, com o PP, com o PSD, com o MDB. Tenho conversado. Mas essa definição só poderá acontecer depois que forem definidas as regras do jogo, o que deve acontecer agora em outubro”, afirmou Vilas-Boas ao BN.

 

Apesar das conversas com o MDB, o cardiologista garante que não há chances de lançar uma candidatura fora da base do governo do estado. Vilas-Boas, além de ter sido secretário da Saúde em um momento decisivo da gestão, no enfrentamento à pandemia, é um amigo pessoal de Rui Costa.

 

“Não tem chance de eu não sair pela base do governo. Se eu for candidato, vai ser para defender o legado do governo do estado. Eu sou amigo de Rui antes mesmo dele se tornar governador e continuarei ao lado dele”, finalizou.

Histórico de Conteúdo