Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 30 de Agosto de 2021 - 12:20

Estudantes da Ufba denunciam atraso no pagamento de auxílios

por Anderson Ramos

Estudantes da Ufba denunciam atraso no pagamento de auxílios
Foto: Divulgação/ Ufba

Um grupo de estudantes da Universidade Federal da Bahia (Ufba) reclama de atraso no recebimento de auxílios para a manutenção dos estudos. Segundo eles, desde junho, os pagamentos de vários benefícios como os para alimentação, moradia, internet, permanência, entre outros, não estão acontecendo com regularidade.

 

O grupo estima que cerca de 200 alunos que teriam direito a algum dos benefícios não estão sendo contemplados.  Na condição de anonimato, vários deles relataram suas dificuldades ao Bahia Notícias.

 

 “Passo o dia todo estudando. Almoçava e jantava gratuitamente no R.U. (Restaurante Universitário), mas com a pandemia ele fechou e passamos a receber R$ 400 e mais R$ 230 referente à ceia, mas não recebo desde junho”, afirmou um estudante.

 

“Tenho direito a R$ 400 de auxílio moradia. Recebi o de agosto, mas não o de julho. Eu divido aluguel com outra pessoa e fiquei sem pagar as minhas contas para pagar o aluguel e agora deixei todas as outras contas em atraso”, relatou outra.

 

Além dos atrasos nos pagamentos, os alunos também reclamam da falta de esclarecimentos por parte da Pró-Reitora de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil (Proae) sobre a situação.

 

“A Proae não voltou as atividades presenciais, continua em home office, e toda vez que a gente procura entrar em contato está encontrando um problema grande. Eles mandam a gente entrar em contato através do e-mail, mas só dão informações genéricas. Além disso, nenhum telefone atende”, denunciou outra estudante.

 

Outro problema está na renovação dos benefícios. Na lista divulgada nesse domingo (29), o pedido de vários estudantes aparece como indeferido, enquanto para outros não há informação alguma.

 

O BN tentou entrar em contato com a pró-reitora da Proae, Cássia Virginia Bastos Maciel, mas as ligações não foram atendidas. O Diretório Central dos Estudantes (DCE) vai promover uma live nesta segunda-feira (30) com a pró-reitora, às 16h, onde o problema deve ser discutido.

 

Em nota, a Ufba informou que esses casos são pontuais e já estão sendo tomadas as providências necessárias pela Proae.

Histórico de Conteúdo