Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Hospital Metropolitano tem licitação 'deserta' e equipamento permanece sem administradora
Foto: Divulgação

O Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas segue sem empresa para realizar sua administração. A licitação feita pelo governo da Bahia foi "deserta", quando nenhuma empresa apresenta interesse no serviço. O edital para concessão administrativa do Hospital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) em abril (relembre aqui). 

 

O valor estimado do contrato é de R$ 4,8 bilhões, com 20 anos de concessão do hospital, chegando a ser apresentado pelo governo do Estado na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) (veja mais aqui). O leilão foi adiado para alterações no edital. 

 

O Metropolino está aberto de forma emergencial por conta da pandemia da Covid-19, com foco atendimento de pacientes com diagnóstico com a infecção. O Governo da Bahia investiu entre obras e equipamentos, mais de R$ 173 milhões.

Histórico de Conteúdo