Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Empresário é preso em prédio de luxo do Itaigara por posse ilegal de armas
Foto: Natália Verena/ PC-BA

Um empresário do ramo de medicamentos foi preso em flagrante por posse ilegal de armas na manhã desta segunda-feira (21). Ele é um dos principais alvos da Operação Panaceia, deflagrada para investigar a sonegação de R$ 39 milhões em impostos na Bahia.

 

Segundo a Polícia Civil, os agentes localizaram um revólver de calibre 38 durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do investigado, um apartamento de luxo situado no bairro do Itaigara, em Salvador. Computadores, telefones celulares e documentos também foram apreendidos no local.

 

"Ele é um dos nossos principais alvos. Encontramos um revólver sem documentação e foi dada voz de prisão em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo", disse a titular da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), delegada Márcia Pereira. O homem será encaminhado para a sede da Dececap e ficará à disposição da Justiça.

 

Em meio à operação, ordens judiciais estão sendo cumpridas em residências nos bairros de Horto Florestal e Pituba e empresas nos bairros de Pirajá e Rio Vermelho, além de endereços na cidade de Feira de Santana.

 

O Bahia Notícias conseguiu apurar que uma das empresas envolvidas é a Plus Pharma, sediada na capital baiana. Além disso, os agentes seguem a hipótese de que uma grande rede de farmácias da cidade esteja por trás do esquema criminoso (saiba mais aqui).

Histórico de Conteúdo