Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Lídice confirma migração do PSB para a Seagri e atribui demora no anúncio a pandemia
Foto: Reprodução / Youtube

A deputada federal e presidente estadual do PSB, Lídice da Mata, confirmou a migração do partido para o comando da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri). Atualmente a legenda ocupa a Secretaria do Meio Ambiente, com o secretario João Carlos Oliveira, que deve ser mantido como titular na nova pasta. 

 

"A expectativa é que possamos ir para a Seagri. O governador nos indicou, eu havia sinalizado para quando ele fosse anunciar, pedi para que segurasse um pouco, uns dois dias, para avisar para as pessoas que iria acontecer. Demorou muito, quando analisamos a possibilidade, não estamos em tempo normal. Estamos em uma pandemia", comentou ao Bahia Notícias no Ar, da Salvador FM.

 

O partido sofria uma disputa interna, já que parte das lideranças da legenda preferia a manutenção de João Carlos Oliveira na Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e outra ala deseja a migração para a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) (veja mais). A disputa seria por conta de espaço dentro de cada secretaria (entenda aqui).

 

Lídice também elogiou o nome do senador Jaques Wagner para a disputa ao governo do estado em 2022 e revelou o desejo de retonar ao Senado. "É claro que quem chegou ao Senado não pode deixar de ter esse desejo latente. Fui prefeita de Salvador, quando penso em uma cidade como Salvador, fui a primeira mulher prefeita, fui a primeira senadora pela Bahia", disse. 

Histórico de Conteúdo