Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Maia acusa ACM Neto de traição: 'Entregou a nossa cabeça numa bandeja para o Planalto'
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Passada uma semana da eleição no Congresso, o posicionamento de neutralidade adotado pelo DEM (lembre aqui) ainda repercute entre os correligionários. O  ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), segue incomodado com a decisão do presidente nacional do partido, ACM Neto, e fez críticas ao ex-prefeito de Salvador.  

 

Maia citou que Neto é "um amigo de 20 anos" mas que o traiu por não apoiar o nome de Baleia Rossi (MDB-SP) na disputa pelo comando da Casa. 

 

O nome apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Arthur Lira (PP), levou a disputa. 

 

"Mesmo a gente tendo feito o movimento que interessava ao candidato dele no Senado (Rodrigo Pacheco/DEM-MG), ele entregou a nossa cabeça numa bandeja para o Palácio do Planalto”, afirma o parlamentar  em entrevista publicada no portal do Valor Econômico nesta segunda-feira (8).

 

Na entrevista, o ex-presidente da Câmara também confirmou as especulações de que pretende deixar o Democratas (lembre aqui). A desfiliação, segundo Maia, vai ocorrer "sem pressa ou briga". Ele não antecipou a sigla para onde vai.  “Estarei num partido que será de oposição ao presidente Bolsonaro”, afirma.

Histórico de Conteúdo