Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 01 de Fevereiro de 2021 - 10:19

Maia decide deixar DEM após eleições da Câmara, diz CNN

Maia decide deixar DEM após eleições da Câmara, diz CNN
Foto: Marcos Corrêa / PR

Em consequência a adoção neutralidade do DEM na disputa pelo comando da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) decidiu deixar o partido após a eleição desta segunda-feira (1º), apurou a CNN Brasil. A posição adotada pelo partido foi vista como “traição”, de acordo com aliados de Maia (leia mais aqui).

 

Maia disse à CNN que a permanência na legenda é insustentável e decidiu deixar o partido. 

 

O DEM tomou a decisão de neutralidade por unanimidade após reunião realizada na noite deste domingo (31), na sede do partido, em Brasília (DF), na véspera da eleição para a presidência da Câmara.

 

Aliados de Maia também sinalizaram a possibilidade dele aceitar algum dos pedidos de impeachment contra o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) (leia aqui).

 

Esta segunda-feira (1º) é o último dia da presidência de Maia na Câmara. O deputado vem há algumas semanas perdendo capital político e vendo o candidato adversário, Artur Lira (PP) conquistar aliados na disputa.

 

Maia comandou a Casa por quatro anos e meio e capitalizou a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) para a secessão.

Histórico de Conteúdo