Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Avião retorna ao aeroporto de Salvador após passageiro se recusar a usar máscara
Foto: Reprodução / Correio Braziliense

Um voo da companhia aérea Gol retornou ao Aeroporto Internacional de Salvador após um dos passageiros da aeronave se recusar a utilizar a máscara. O caso aconteceu na manhã deste sábado (6), logo após o voo, com destino a Brasília, decolar.

 

A decisão do homem de não utilizar a máscara causou tumulto entre os passageiros. Segundo o Correio Braziliense, houve discussões e troca de ofensas entre os ocupantes do avião. Os comissários de bordo interviram, mas o passageiro insistiu em não utilizar o equipamento de proteção.

 

Mais de 160 passageiros estavam no voo. Uma delas, a estudante Victoria Pinto, relatou que o capitão também insistiu pelo uso da máscara, mas não obteve sucesso. "As comissárias avisaram que teríamos que voltar para Salvador para abastecer e para que o homem fosse conduzido para fora. Nessa hora, muitos já estavam xingando e se levantando", lembra a jovem.

 

A justificativa utilizada por ele para não querer usar a máscara, segundo passageiros próximos, seria de que ele possuía uma vídeo em que o presidente da república Jair Bolsonaro afirma que o uso do item era dispensável. Ele também disse que tinha rinite e, por isso, não ia utilizar.

 

Quando o avião pousou em Salvador, a Polícia Federal foi chamada para conduzir o passageiro para fora. O avião decolou novamente às 8h27.

 

Em comunicado, a Gol confirmou o incidente e a motivação pela qual o passageiro foi retirado do voo. A empresa reforçou a importância do uso de máscara para a proteção contra o coronavírus (Covid-19) e a obrigatoriedade do item para todos os ocupantes das aeronaves. De acordo com a nota, o avião que partiu de Salvador pousou na capital federal por volta das 10h.

 

Histórico de Conteúdo