Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

MP-BA participa de mais uma entrega cestas básicas à população trans e travesti
Foto: Bahia Notícias

O Ministério Público Estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (Gedem), realiza a distribuição de cestas básicas à população transexual e travesti quinta-feira (10), às 10h30, na sede do Gedem, em Nazaré. 

 

A ação, iniciada no mês de junho, é fruto de uma parceria do projeto “Luto por Elas”, com o Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (Caodh), a Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia (Aceb), o Grupo Identidade Trans e a Secretaria de Segurança Pública/Polícia Militar (Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos). Serão beneficiadas trans e travestis pertencentes ao projeto Florescer.

 

Durante os seis meses do projeto foram distribuídas 75 cestas básicas. Segundo a coordenadora do Gedem, promotora  de Justiça Sara Gama, o objetivo é prestar apoio à população transexual e travesti em situação de vulnerabilidade social, agravada em razão da pandemia da Covid-19. 

 

“A pandemia trouxe prejuízos para todo mundo, mas existem parcelas da população cujo impacto foi ainda mais forte. Especificamente em relação às travestis e trans, infelizmente nós vivemos em uma sociedade preconceituosa e essas pessoas dificilmente conseguem se recolocar no mercado de trabalho em funções reconhecidas, muitas vezes, sendo levadas a prostituição”, destaca a promotora. 

 

A entrega das doações também será prestigiada pelo coordenador do Caodh, promotor de Justiça Edvaldo Vivas, o educador físico Euvaldo Jorge Júnior, e o tenente Pimentel, da assessoria militar do MP.  Ao final das entregas haverá um momento de confraternização, seguindo todas as regras sanitárias impostas pela pandemia.

Histórico de Conteúdo