Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 12 de Novembro de 2020 - 13:25

Rui diz que TRE-BA acertou ao voltar a permitir carreatas na campanha eleitoral

por Ailma Teixeira / Bruno Luiz

Rui diz que TRE-BA acertou ao voltar a permitir carreatas na campanha eleitoral
Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

Maior cabo eleitoral da candidata à prefeitura de Salvador, Major Denice (PT), o governador Rui Costa (PT) classificou como “adequada” a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que voltou a permitir realização de carreatas de campanha no estado (veja aqui). 

 

Presidente da Corte, o desembargador Jatahy Magalhães Jr. havia proibido, em resolução publicada na terça-feira (10), todos os eventos presenciais de campanha na Bahia (entenda aqui). A medida foi uma forma de evitar possíveis aglomerações e, assim, impedir a proliferação do coronavírus. A decisão suscitou críticas de candidatos a prefeito da capital baiana, entre eles, Denice (leia aqui). Com o recuo do TRE, estão permitidas carreatas com até 60 veículos - qualquer outra modalidade de evento, no entanto, permanece suspensa. 

 

“A medida final [do TRE] foi a mais adequada. Não há de se falar contaminação em carreata. Se alguém tá em cima de caminhonete acenando pra quem tá na janela de casa, qual a contaminação que tem aí? Nenhuma. Carreata é bom para dar vida para a campanha, para o eleitor poder ver o candidato”, defendeu. 

 

Padrinho político de Denice, o governador tem participado de eventos de campanha da afiliada em Salvador. A quatro dias das eleições, ela aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, mas bem atrás de Bruno Reis (DEM), que demonstra chances reais de vencer o pleito em primeiro turno. A expectativa dos adversários é utilizar os próximos dias de campanha para tentar reduzir a vantagem de Bruno e levar a eleição ao segundo turno. 

Histórico de Conteúdo