Taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 chega a 68% em Salvador
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para tratamento para a Covid-19 chegou ao patamar de 68% ocupação nesta terça-feira (4) em Salvador, de acordo com a prefeitura municipal. O número está dentro do estipulado pelas gestões municipal e estadual para o início da segunda fase de reabertura das atividades comerciais na cidade.

 

O protocolo, contudo, estabelece, ao menos, 14 dias de espaçamento entre as fases de retomada. Além disso, para que o segundo momento da reabertura tenha início, é preciso que a taxa de ocupação dos leitos de UTI para o novo coronavíus fique em, no máximo, 70% por cinco dias, que podem ser contados, inclusive, dentro das duas semanas de intervalo entre as fases.   

 

O prefeito ACM Neto (DEM) destacou que a segunda fase deve ter início na próxima segunda-feira (10), após o Dia dos Pais. O intuito é evitar aglomerações em bares e restaurantes da nata, que acontece no domingo (9).

 

Na fase dois da retomada, irão poder abrir, mediante protocolos geral e específico, academias de ginásticas e similares, barbearias, salões de beleza, centros culturais, museus, galerias de arte, lanchonetes, bares e restaurantes.

Histórico de Conteúdo