Flávio Bolsonaro deve depor nesta segunda sobre suposto vazamento da PF
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) deve depor na tarde desta segunda-feira (20) ao Ministério Público Federal (MPF). O depoimento está marcado para às 14h, no gabinete do próprio senador, em Brasília.

 

O procedimento ocorre no âmbito do processo que apura as denúncias de vazamento na Operação Furna da Onça, deflagrada após a eleição, em 2018. O empresário Paulo Marinho, ex-aliado da família Bolsonaro e pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, diz ter ouvido do próprio Flávio que um delegado da Polícia Federal (PF) lhe adiantou que a operação seria deflagrada - a Furna da Onça implicou seu ex-assessor Fabrício Queiroz e familiares dele no caso das rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Munido dessa informação é que Flávio, então deputado estadual, demitiu Queiroz.

 

O filho do presidente nega as acusações e diz que Marinho tenta atingi-lo, pois é seu suplente no Senado. Com a prerrogativa do cargo, ele pôde escolher o dia, horário e local de seu depoimento e o procurador responsável, Eduardo Benones, do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do MPF, vai ao encontro dele.

Histórico de Conteúdo