Quinta, 16 de Julho de 2020 - 16:00

AL-BA avalia retomada de trabalhos presenciais e deve adotar plenário misto

por Mari Leal / Matheus Caldas

AL-BA avalia retomada de trabalhos presenciais e deve adotar plenário misto
Foto: Divulgação

A pretensão de retomada das sessões presenciais na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) para o dia 3 de agosto caiu por terra. Segundo o presidente da casa, deputado estadual Nelson Leal (PP), em sessão realizada nesta quinta-feira (16), haverá um estudo para promover sessões mistas na Casa, isto é, de forma semipresencial, com alguns deputados em plenário e outros de forma remota, como acontece na Câmara Municipal de Salvador, por exemplo.

 

“Vou solicitar à equipe técnica da Casa que proceda estudo para apresentarmos quais seriam as nossas sugestões de datas e no dia com ambiente seguro e mais tranquilidade fazer começar a trabalhar a Assembleia de forma mista. Uma parte em isolamento social e o restante em plenário. Só abriremos em totalidade quando tivermos todas as condições e não incorrer risco para deputados e servidores”, disse Leal, durante a sessão.

 

De acordo com o parlamentar, a decisão acontece após alguns deputados manifestarem preocupação com o retorno das atividades presenciais durante a pandemia do novo coronavírus. Sandro Régis (DEM) concorda com essa possibilidade.

 

“Vontade que estamos de voltar as agendas, parlamento, retomar nossas vidas. Mas faço esse apelo. Temos votado tudo que tem chegado na casa. Nossa produção deve estar até maior do que na normalidade. Só retomemos quando estivermos seguro do ponto de vista da saúde e proteção a vida, não só dos parlamentares, mas também dos servidores. Bancada de oposição majoritariamente vota assim”, pediu.

Histórico de Conteúdo