Prefeitura de Salvador vai abrir 99 novos leitos de UTI para Covid-19
Foto: Paula Fróes/ GOVBA

A prefeitura de Salvador garantiu a abertura de novos 99 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes com Covid-19. Ainda não há indicativo de quando todos serão instalados. Dez deles começaram a funcionar nesta quarta-feira (8), no Hospital Municipal de Salvador (HMS). 

 

Segundo o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, 20 serão abertos na unidade de emergência instalada no Hospital Sagrada Família, 20 no Wet´n Wild, 24 no Hospital Salvador e 25 na Arena Fonte Nova, em parceria com o governo do Estado. 

 

Com os novos leitos, a perspectiva é de que a taxa de ocupação dos leitos de UTI na capital baiana, atualmente beirando os 80%, caia a um nível que possibilite o início da fase 1 da retomada das atividades econômicas. 

 

"Com esse esforço, devemos baixar a taxa de ocupação dos leitos de UTI em nossa cidade para a casa dos 71%. Hoje, estamos beirando os 80%. Isso é fundamental porque a reabertura das atividades está ligada à taxa de ocupação dos leitos", ressaltou Prates. 

 

Segundo os protocolos de reabertura apresentados nesta terça (7) pelo prefeito ACM Neto e pelo governador Rui Costa, a fase 1 poderá ser iniciada quando a taxa de ocupação atingir 75% ou menos, por cinco dias consecutivos. Esta etapa envolve a retomada de shoppings, igrejas e templos religiosos, drive-in e comércio de rua até 200 m². 

 

No caso do Hospital Salvador, a prefeitura informou que espera resolver nos próximos dias as pendências no âmbito da Justiça com a Universidade Federal da Bahia (Ufba). Em relação à Fonte Nova, os detalhes da parceria com o governo do estado estão sendo finalizados. Nesse caso, a SMS vai doar os respiradores para o hospital de campanha montado pelo governo no estádio, assumindo ainda os custos da operação dos 25 leitos. 

Histórico de Conteúdo