Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após intervenção, Semob remaneja 23 linhas da CSN para consórcios Plataforma e OTTrans
Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) promoveu o remanejamento de 23 linhas que operavam pelo Consórcio Integra Salvador Norte, que vive crise financeira, e teve intervenção promovida pela prefeitura da capital no mês passado (leia mais aqui). Desta forma, a partir deste sábado (4), os veículos serão operados pelos consórcios Plataforma e OTTrans.

 

Com as alterações, as cores dos veículos deixarão de ser azuis e passarão a adotar verde ou amarelo, a depender para qual consórcio a linha seja remanejada.

 

As linhas que serão realocadas para o Consórcio Plataforma são: Barbalho – Iguatemi; IAPI – Barra; IAPI –França/Campo Grande; IAPI – Lapa; Pau Miúdo – França/Campo Grande; Pau Miúdo – Lapa; Brotas – Lapa; Federação – Nazaré; Pituba – Lapa; e Terminal Acesso Norte – Pau Miúdo (Via Cidade Nova). Os ônibus dessas linhas, portanto, passarão a ter a cor amarela. 

 

Já as linhas remanejadas para o Consórcio Ottrans são: Vale dos Rios – Rodoviária Circular A; Vale dos Rios – Rodoviária Circular B; Duque de Caxias – Pituba; Pituba – Via 2 de Julho/ Trobogy; Vale dos Rios – Trobogy; Vale dos Rios – Stiep R3; Vale dos Rios – Stiep R4; Conjunto Marback – Acesso Norte; Terminal Acesso Norte – Macaúbas; Terminal Acesso Norte – Santa Mônica; Terminal Acesso Norte – Luís Anselmo/Estação Brotas; Via 2 de Julho/ Trobogy – Lapa; e Estação Pirajá – Estação Mussurunga. Com a mudança, os veículos que fazem essas linhas passarão a ter a cor verde. 

 

“A ideia é melhorar o serviço, a partir desse remanejamento, tendo em vista que o Consórcio Salvador Norte nos notificou, informando que não tinha condições de operar essas linhas. Então, a gente está fazendo essa mudança para melhorar e dar continuidade ao serviço de transporte, que é essencial”, disse o secretário municipal de de Mobilidade (Semob), Fábio Mota.

Histórico de Conteúdo