Terça, 26 de Maio de 2020 - 19:38

Após foto com autor de notícia falsa, Cezar Leite explica: 'Não tenho como controlar'

por Matheus Caldas / Mauricio Leiro

Após foto com autor de notícia falsa, Cezar Leite explica: 'Não tenho como controlar'
Foto: Reprodução / Facebook

O vereador Cézar Leite (PRTB) disse que não tem "como controlar o que cada filiado do partido faz de forma individual, e tampouco mereço ser cobrado pelas consequências das atitudes de outras pessoas", após identificação de um apoiador do edil como divulgador da fake news compartilhada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (relembre aqui).

 

"Fui pego de surpresa na manhã de hoje com publicações, em quatro sites de jornalismo diferentes, repercutindo uma situação em que um filiado ao PRTB de Salvador seria o autor de vídeos objetos de processo judicial. Minha surpresa maior, na verdade, foi constatar que em todas as matérias existe uma curiosa preocupação dos autores em vincular a figura de Ernando Peixoto à minha pessoa, de forma a sugerir que eu pudesse ter alguma participação nos episódios em que o referido filiado está envolvido", disse Leite.

 

Cézar comentou em publicação que reconhece a necessidade de se apresentar comprovações às denúncias que são feitas por parte de cidadãos indignados e desconfiados com o poder público. "Mas por que a insistência em colocar sobre mim e sobre o projeto do PRTB uma suposta co-participação nas ações de terceiros?", questiona.

 

O vereador ressaltou estar indignado. "Como diz o ditado, "ninguém atira pedra em árvore que não dá fruto". Será que incomoda o fato de termos aparecido bem na primeira pesquisa, e da chapa de direita independente, que muitos não acreditavam ser possível, estar formada?", pontuou.

 

Leite disse também que a convenção para escolha dos candidatos a vereador e prefeito do PRTB obedecerá as diretrizes do TSE. "Para representar os soteropolitanos desejosos de renovação e da defesa de pautas de direita no legislativo municipal", finalizou.

Histórico de Conteúdo