'Vamos ter o quinto governador preso por corrupção', diz senador do Rio
Foto: Agência Senado

O senador do Rio de Janeiro Arolde de Oliveira (PSD), que é próximo à família do presidente Jair Bolsonaro, comentou em seu Twitter a possibilidade da prisão do governador Wilson Witzel, alvo de uma operação da Polícia Federal nesta terça-feira.

 

“Vamos ter o quinto governador preso por corrupção, duas décadas de devastação. A Alerj tem que aprovar o impedimento do governador ou passará recibo que também pertence à quadrilha. Pobre Rio de Janeiro, vamos negar votos a essa corja na eleição que vem aí", disse o senador.

 

Em nota, ele já havia mais cedo exaltado a ação da PF mirando o executivo carioca: “Muito triste, mais um governo na lama da corrupção. As estruturas das instituições públicas estão aparelhadas para roubar. A valorosa PF abre uma janela de esperança para o futuro. Tudo depende do eleitor".

 

O Rio já teve quatro ex-governadores presos: Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão.

Histórico de Conteúdo