Trecho de vídeo liberado por Celso de Mello confirma transcrição da fala de Bolsonaro
Foto: Carolina Antunes/PR

O momento da reunião de ministros do último dia 22 de abril, que gerou a polêmica entre o ex-ministro Sergio Moro e o presidente Jair Bolsonaro coincide integralmente com a transcrição divulgada pela Advocacia-Geral da União (AGU). O conteúdo do vídeo foi liberado nesta sexta-feira (22) pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), excluindo apenas trechos em que a países estrangeiros são citados.

 

"Já tentei trocar gente da segurança nossa no Rio de Janeiro oficialmente e não consegui. isso acabou. Eu não vou esperar f. minha família toda de sacanagem, ou amigo meu, porque eu não posso trocar alguém da segurança na ponta da linha que pertence à estrutura. Vai trocar; se não puder trocar, troca o chefe dele; não pode trocar o chefe, troca o Ministro. E ponto final. Não estamos aqui para brincadeira”, afirmou Bolsonaro naquele dia.

 

Esse trecho equivale ao momento em que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, sugere que o presidente tentou interferir politicamente na direção da Polícia Federal no Rio de Janeiro. Bolsonaro tentou substituir o superintendente da PF em agosto de 2019 e voltou a pressionar Moro para uma nova mudança no mês de abril, o que culminou com a demissão dele do ministério.

Assista o trecho:

 

Histórico de Conteúdo