Salvador pode utilizar férias de junho e fins de semana para repor aulas da rede municipal
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

O Secretário Municipal de Educação em Salvador, Bruno Barral (PSDB), declarou nesta segunda-feira (23) que a rede municipal de ensino da capital baiana deve utilizar as férias do meio do ano, em junho, e os fins de semana, para repor as aulas suspensas durante a crise do novo coronavírus (saiba mais aqui). 

 

A prefeitura suspendeu as aulas nas escolas municipais e privadas por 15 dias na última segunda (16) e deve estender o prazo por mais 15 dias no próximo dia 31 de março. 

 

Por ainda não saber a extensão da crise em Salvador, Barral ponderou que discutir reposição de aulas ainda é prematuro. “Fizemos um primeiro cenário para suspensão das aulas por 30 dias. Mas penso que em um calendário de 60 dias de suspensão, ficaríamos com parte das aulas para serem repostas no ano seguinte. Vamos discutir isso quando tivermos uma clareza da situação”, falou Barral no programa Isso é Bahia, de a Tarde FM (103.9) e Bahia Notícias. 

Histórico de Conteúdo