Domingo, 23 de Fevereiro de 2020 - 12:00

Rui lamenta 'demora' no envio de tropas federais ao Ceará

por Fernando Duarte/ Mari Leal

Rui lamenta 'demora' no envio de tropas federais ao Ceará
Foto: André Carvalho / Ag. Haack / Bahia Notícias

O governador Rui Costa lamentou a "demora" do governo federal em enviar tropas do Exército para auxiliar na segurança do estado do Ceará após deflagração de motim por parte dos policiais militares daquele estado, em greve desde a quarta-feira (18). 

 

"Fico triste de o governo federal levar quase três dias para atender ao povo cearense. Nessa situação você precisa de tropas federais impondo ao estado do Ceará.Ele [o governador do Ceará] está fazendo, na minha opinião, a atitude correta, sendo firme", disse Rui. 

 

Em coletiva a imprensa nesta manhã de domingo (23), Rui falou ainda sobre seu desejo de "nunca mais se faça anistia a que usa de cargo público para cometer crimes". Governador prometeu trabalhar para que isso não mais se repita. 

 

"Isso não é possível dentro de um padrão civilizatório com quem semrpe quer dialogar, conversar. Nenhuma democracia fica de pé desse jeito. Imagens como essa só fazem afastar investimento no Brasil", completou Rui Costa.

 

Para Rui Costa, "o exemplo de quem está em cima tem de ser o exemplo da tolerância, da paz e esse é o dilema que o Brasil vive atualmente". Em referência clara ao presidente Jair Bolsonaro, destacou: "O povo brasileiro fez uma opção e já está arrenpendido. Está pagando um preço muito alto por uma opção que muitos já está arrependido".

Histórico de Conteúdo