Sexta, 14 de Fevereiro de 2020 - 10:20

ACM Neto sobre cargos no governo Bolsonaro: 'Não posso entregar o que eu não tenho'

por Ailma Teixeira / Rodrigo Daniel Silva

ACM Neto sobre cargos no governo Bolsonaro: 'Não posso entregar o que eu não tenho'
Foto: Secom / PMS

Presidente nacional do DEM, o prefeito ACM Neto disse, nesta sexta-feira (14), que seu partido não pode entregar os cargos do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) porque, segundo ele, os ocupantes não foram indicados pela legenda. Hoje, três deputados federais da sigla são ministros: Onyx Lorenzoni (Cidadania), Tereza Cristina (Agricultura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde).

 

Ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que, por ele, "deve demitir todo mundo". A declaração ocorreu após o ministro Luiz Eduardo Ramos (Governo) cobrar fidelidade dos que exigem do governo o cumprimento de promessas. Ramos apresentou a caciques o valor liberado para emendas e o número de cargos ocupados no governo.

 

"O DEM não tem cargos para entregar no governo. Os cargos todos são do presidente da República. O DEM não indicou nenhum cargo. É uma decisão do presidente. Não tenho que entregar o que eu não tenho. Não tenho nada a ver com a composição do governo. Foi uma composição do presidente da República”, declarou ACM Neto, durante a inauguração da Unidade de Saúde da Família (USF), na região de Cajazeiras.

 

Neto ainda concordou com a decisão de Bolsonaro de retirar Onyx da Casa Civil e colocar no Ministério da Cidadania. Para ele, foi uma "coisa positiva essa mudança". 

 

"Acho que o governo precisa ampliar sua atenção, o seu olhar para o Nordeste. O ministro me pediu e me coloquei a disposição para colocar técnicos, discutir projetos. Vamos levar a realidade das áreas mais pobres do Brasil, que estão concentradas no Nordeste. Esse ministério pode ter papel importante para isso. Pode ser uma coisa muito positiva essa mudança", avaliou.

 

O prefeito se esquivou quando questionado sobre as constantes críticas de Maia ao governo Bolsonaro nas redes sociais. "Rodrigo Maia é deputado federal. É de maior e pelo que eu saiba é vacinado. Tem o direito de falar o que quer", salientou. 

Histórico de Conteúdo