Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 20 de Dezembro de 2019 - 17:00

Emilio Odebrecht demite o filho Marcelo da empresa

Emilio Odebrecht demite o filho Marcelo da empresa
Foto: Montagem / Reprodução / Uol

A Odebrecht acaba de demitir Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empresa. A ordem foi de Emilio Odebrecht, pai de Marcelo. Apesar de afastado de qualquer função executiva desde que foi preso em 2015, Marcelo continuava na folha de pagamentos da empresa. Ganhava R$ 115 mil.

 

De acordo com o jornal O Globo, desde que foi solto após sua delação premiada, Marcelo colocou como sua missão principal destruir aqueles a quem considera os responsáveis pela derrocada da empresa: seu pai, seu cunhado, Maurício Ferro, e alguns executivos (veja aqui). 

 

Desde segunda-feira, a guerra interna subiu de patamar com acusações mútuas pela imprensa. Emilio na segunda-feira trocou o presidente, saiu Luciano Guidolin e entrou Ruy Sampaio, um dos executivos em quem mais confia, e deu ordens para que os ataques a Marcelo virassem bombas atômicas.

 

Além do salário, Marcelo perderá o motorista que o serve, assim como perderá o direito a ter um advogado interno da empresa cuidando de suas encrencas.

Histórico de Conteúdo