Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após desistência do Chile, secretário propõe que Salvador 'herde' realização da COP 25
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Após a desistência do Chile de realizar a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 25) (leia mais aqui), Salvador pode “herdar” o evento. Isto porque o Secretário municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), André Fraga, sugeriu nesta quarta-feira (30) ao prefeito soteropolitano, ACM Neto (DEM), que o encontro aconteça na capital baiana.

 “Acho difícil [acontecer]. Mas enviei uma mensagem ao prefeito colocando a cidade à disposição. Inclusive, com o novo centro de convenções”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou no fim do ano passado, antes de ser empossado, que recomendou que não fosse realizada no Brasil a conferência (leia mais aqui). A gestão anterior, inclusive, participou das negociações para trazer o encontro para a capital baiana (leia mais aqui).

Salvador, inclusive, realizou neste ano a Semana do Clima, evento preparatório para a COP 25, que é organizada pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança Climática (UNFCCC) e pela prefeitura (leia mais aqui).



Histórico de Conteúdo