Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 21 de Novembro de 2018 - 00:00

Ministro do Meio Ambiente negocia para Salvador sediar conferência da ONU

por Fernando Duarte / Rodrigo Daniel Silva

Ministro do Meio Ambiente negocia para Salvador sediar conferência da ONU
Foto: Gilberto Soares/MMA

O ministro do Meio Ambiente, o baiano Edson Duarte, negocia para que Salvador seja sede no próximo ano da 25ª Conferência do Clima (COP 25 – Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas) (veja mais), evento global que reúne os principais chefes de Estado, Organizações Não Governamentais, empresas e autoridades de todo o mundo para discutir as mudanças climáticas.

 

“É um evento que reúne milhares de pessoas e temos representantes de mais de 190 países. Ainda estamos em uma fase de negociação, mas a secretária [da ONU], Patricia Espinosa, está muito convencida de que deve ser no Brasil. A nossa preferência é que seja em Salvador. Até o final do ano, será decidido”, afirmou Duarte, em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

Nos bastidores, a prefeitura de Salvador articula para que o novo Centro de Convenções seja o palco do evento. O projeto deve ficar pronto em setembro de 2019, dois meses antes da data prevista para a realização da COP25. O ministro revelou, ainda, que, no segundo semestre do próximo ano, a capital baiana será sede de um encontro que vai reunir líderes da África do Sul, Índia, China e o Brasil para tratar também da  situação climática do mundo. “São quatro países em desenvolvimento que têm papel importante no aspecto econômico e ambiental”, ressaltou.

 

Em março, segundo Duarte, Salvador será palco ainda de uma reunião com ministros do Meio Ambiente da América do Sul e do Caribe.

Histórico de Conteúdo