Quinta, 03 de Outubro de 2019 - 15:40

Canonização de Irmã Dulce deixará Salvador sem prefeito, vice e presidente da Câmara

por Rodrigo Daniel Silva

Canonização de Irmã Dulce deixará Salvador sem prefeito, vice e presidente da Câmara
Foto: Reprodução / Facebook

Salvador ficará sem prefeito, vice-prefeito e o presidente da Câmara de Vereadores por cinco dias por causa da canonização de Irmã Dulce, que acontece no dia 13 de outubro. ACM Neto e Bruno Reis, ambos do DEM, e Geraldo Júnior (SD) vão embarcar para Roma a fim de acompanhar o momento religioso. 

Antes disto, Bruno Reis e Geraldo Júnior vão participar também de eventos em Copenhage, na Dinamarca. Apesar disto, não será necessária a transferência dos cargos. Isto porque a Lei Orgânica do Município diz que a medida só é adotada quando os mandatários ficam mais de 15 dias afastados. Se eventualmente fosse mais do que este prazo, o vereador Edvaldo Brito (PSD) poderia assumir o posto por ser o mais antigo legislador soteropolitano. 

Registrada como Maria Rita Lopes de Sousa Brito, Irmã Dulce nasceu em Salvador em 26 de maio de 1914 e morreu em 22 de maio de 1992. Em 2011, ela já havia sido condecorada pelo Vaticano com a beatificação. A cerimônia foi realizada no dia de 22 de maio daquele ano, no Parque de Exposições de Salvador.

Histórico de Conteúdo