STF autoriza busca e apreensão em endereço de Janot após revelação sobre Gilmar Mendes
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, autorizou nesta sexta-feira (27) uma ação de busca e apreensão pela Polícia Federal (PF) num endereço ligado ao ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em Brasília. A ação acontece um dia após o ex-membro do Ministério Público Federal (MPF) afirmar que cogitou assassinar o ministro Gilmar Mendes (leia mais aqui). As informações são da Folha de S. Paulo.

Gilmar encaminhou um requerimento ao colega Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito que apura ameaças a integrantes da Corte (leia mais aqui).

Entre as providências estudadas estão a retirada do porte de arma de Janot e a proibição de que ele entre no STF.

Histórico de Conteúdo