Sexta, 14 de Junho de 2019 - 12:20

Em resposta a Doria, Rui Costa diz que governadores do NE não aceitarão 'chantagem'

por Rodrigo Daniel Silva

 Em resposta a Doria, Rui Costa diz que governadores do NE não aceitarão 'chantagem'
Foto: Divulgação

Em resposta ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o governador Rui Costa (PT) disse, nesta sexta-feira (14), que os gestores estaduais do Nordeste não vão aceitar "chantagem ou pressão".

Nesta quinta-feira (13), o tucano afirmou que faltou "atitude" e "voz de comando" por parte de governadores do Nordeste para mobilizar deputados da região e fazer com que estados e municípios fossem incluídos no relatório da reforma da Previdência.

Em sua conta no Twitter, Rui Costa afirmou que a reforma da Previdência precisa ser "boa para os estados e proteger os mais pobres". "Os governadores do Nordeste participaram de várias reuniões e continuam abertos para novas discussões, mas não baixarão a cabeça ou aceitarão qualquer tipo de chantagem ou pressão. A Previdência é um assunto sério e não pode ser discutida em tom de palanque eleitoral ou mesmo com preconceito. O Brasil é um só. Nossa atitude não é de traição ao povo mais pobre", disse o petista. 

O governador baiano tem sinalizado apoio à reforma desde que seja retirada as mudanças nas aposentadorias rurais e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos em situação de miséria. Também exige a exclusão do trecho que autoriza a criação de um regime de capitalização e dos pontos que retiram da Constituição a definição de regras da aposentadoria. No parecer apresentado nesta quinta pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP), os quatro pontos foram retirados do texto. 

Histórico de Conteúdo